Pinda inicia mutirão de cadastro e atualização da UBS Centro neste sábado

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Saúde, inicia, neste mês, os mutirões para realização ou atualização de cadastro de toda a população atendida pela rede pública de saúde. O mutirão acontece aos sábados, e cada mês será realizado em uma unidade básica de saúde diferente.
A partir deste sábado (14), durante todo o mês de maio, o Centro Integrado de Assistência à Família (CIAF), onde funciona a Saúde da Mulher, estará realizando ou atualizando aos sábados, o cadastro dos moradores da região e bairros atendidos pela UBS Centro. Os moradores devem procurar o CIAF das 8 às 13 horas no sábado.
O cadastro poderá ser realizado por qualquer integrante da família ou morador, e para isso, deverão levar os seguintes documentos de todos os moradores: CPF, RG e comprovante de endereço (conta de consumo ou contrato de aluguel). Para comprovar a moradia, também serão aceitos: declaração de moradia reconhecida em cartório ou declaração do responsável pelo imóvel informando os moradores, também reconhecida em cartório.
Durante a semana, os munícipes podem procurar normalmente a unidade de saúde na qual seu bairro é atendido, para realizar ou atualizar seu cadastro.
Segundo a diretora de Atenção Básica à Saúde, Luciana dos Santos Cruz, “é importante que toda a população esteja com seus dados cadastrais regularizados, para que dessa maneira, seja mantida a rotina de consultas, exames e vacinas, a fim de preservar sua saúde”.
Para a secretária de Saúde, Ana Claudia Macedo, “o intuito é que toda a população seja atendida por esses mutirões, por isso, realizaremos cada mês em uma região diferente”.

Pinda mantém vacinação contra gripe e sarampo

Pinda mantém vacinação contra gripe e sarampo

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba mantém a vacinação contra gripe e sarampo em diversos pontos da cidade até sexta-feira (dia 6). Na próxima semana haverá inclusão de novos públicos.
Até sexta-feira a vacinação contra gripe será aplicada em gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de estabelecimentos de saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos; a imunização contra sarampo será para trabalhadores de estabelecimentos de saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos.
Todos os públicos devem levar documentos pessoais e carteira de vacinação. Quem for trabalhador da saúde ainda deve levar documentos que comprovem o vínculo de serviço.
Confira locais, horários e públicos de cada vacina durante a semana.
Gripe e sarampo para todos os públicos contemplados pelo Governo do Estado
Locais: PSF Jardim, PSF Feital, PSF Eloyna, PSF Triângulo, PSF Santa Cecilia, UBS Azeredo, PSF Vale das Acácias, UBS Ipê II, UBS Vila São Benedito, PSF Arco Iris, PSF Araretama III, UBS Bem Viver, UBS Vila Rica, PSF Cruz Grande, PSF Bonsucesso, PSF Bela Vista e PSF Jardim Imperial.
Das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas

Gripe e sarampo
Local: sala de vacina central (CIAF/Saúde da Mulher)
Crianças por faixa etária:
Quinta-feira: 3 anos
Sexta-feira: 4 anos

Gripe e sarampo
UBS Crispim
Até sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas
Para crianças de seis meses a menores de cinco anos

Gripe e sarampo
PSF Cidade Jardim
Até sexta-feira, das 13 às 16 horas:
Para todos os grupos contemplados nas campanhas de vacinação

 

Apenas Gripe
Estacionamento Shibata Centro
Segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas
Para toda população a partir de 12 anos contemplados na campanha de vacinação contra gripe.

Atenção:
As pessoas devem levar documento de identificação e comprovante de residência.
Quem trabalha em estabelecimentos de saúde deve levar documentos que comprovem o vínculo de emprego. Para os dos casos, é importante levar a careira de vacinação.

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo anuncia contratações do programa Médicos Pelo Brasil

O governo federal anunciou nesta segunda-feira (18) a chegada dos primeiros profissionais contratados para o programa Médicos pelo Brasil, substituto do programa Mais Médicos, lançado há mais de dois anos. O anúncio ocorreu durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, de ministros e parlamentares.

Nesta primeira etapa, 529 profissionais foram chamados, entre médicos e tutores. Eles serão distribuídos para 24 estados (veja quadro). Ao todo, até o final de abril, serão convocados cerca de 1,7 mil profissionais. As demais convocações ocorrerão durante todo o período de vigência do edital, sendo a maioria ao longo de 2022. Os resultados do concurso foram homologados no último dia 5 de abril.

"Do total de municípios que receberão esses profissionais, cerca de 6% serão contemplados por provimento médico federal pela primeira vez. Não eram contemplados pelo Mais Médicos", informou o secretário de atenção básica à saúde, Raphael Câmara. "Os profissionais do programa são todos médicos, com diploma expedido por instituições de ensino brasileiras, com curso devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação, e médicos formados em instituições estrangeiras com diploma revalidado no Brasil, com o Revalida", acrescentou.

Foram ofertadas pelo Ministério da Saúde, inicialmente, 5 mil vagas para os municípios, com a confirmação final de 4.652 posições pelas gestões locais, das quais 595 foram destinadas ao cargo de tutores médicos e 4.057 para médicos bolsistas.

A definição dos locais a serem incluídos no programa, segundo a pasta, foi organizada por meio da classificação dos municípios brasileiros por grau de prioridade. Os critérios primários são a classificação geográfica definida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o percentual da população vulnerável.

Médicos Pelo Brasil

O programa Médicos pelo Brasil foi criado em 2019 com o objetivo de estruturar a carreira médica federal para locais com dificuldade de fixar o profissional e com alta vulnerabilidade social. O programa foi substituindo de forma gradativa sua versão anterior, o Mais Médicos, e será executado pela Agência de Desenvolvimento da Atenção Primária à Saúde (Adaps), também criada pela lei do novo programa.

Uma das principais novidades do Médicos pelo Brasil é a contratação dos profissionais pelo regime de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Até então, os contratos eram temporários de até três anos. Os aprovados no programa serão alocados em unidades de saúde predefinidas pelo ministério e terão dois anos para realizar curso de especialização em medicina de família e comunidade. O valor da bolsa formação será de R$ 12 mil mensais e gratificação de R$ 3 mil adicionais para áreas rurais e remotas ou R$ 6 mil adicionais para distritos indígenas.

"Desde o início, se defendeu a criação de uma carreira de estado para médico, e ela hoje se materializa através do programa Médicos pelo Brasil. Esse programa será ampliado e tenho certeza que será um divisor de águas na saúde do país", afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

"Quero cumprimentar o Queiroga por esse programa Médicos pelo Brasil, onde médicos de verdade, bem remunerados, vão ser espalhados pelo Brasil para bem atender a nossa população", afirmou o presidente Jair Bolsonaro.

 

Agência Brasil

Ações de saúde beneficiam centenas de pessoas no centro da cidade

Ações de saúde beneficiam centenas de pessoas no centro da cidade

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba promoveu diversas ações na praça Monsenhor Marcondes no sábado (9), em comemoração ao Dia Mundial da Saúde.
Houve vacinação contra Covid-19, no estacionamento do Shibata Centro, PSF Nova Esperança, PSF Feital e Cisas (Moreira César). No total, 699 pessoas foram vacinadas no sábado com imunizantes para primeira, segunda, terceira e quarta dose conforme habilitação do público.
Na Praça Monsenhor Marcondes houve orientação de nutricionistas, práticas integrativas de saúde mental, atividades físicas orientadas, aferição de pressão, teste de glicemia, cálculo de Índice de Massa Corpórea, massagens, meditação para principiantes, reiki, auriculoterapia, além de exames preventivos no ônibus da saúde.
A diretora de Assistência à Saúde, Luciana dos Santos Cruz, disse que a iniciativa atraiu centenas de pessoas. “Foi uma ação foi importante porque conseguimos levar os serviços até as pessoas em um dia em que elas estão menos atarefadas. Normalmente as pessoas deixam a saúde de lado durante a semana, porque não possuem tempo. Deste modo, com nosso programa desenvolvido para o sábado de manhã, na praça, quem estava passando pelo local pode parar por alguns minutos ter uma avaliação da saúde”, explicou.

Pinda amplia exames de preventivo para detecção e tratamento de câncer

Pinda amplia exames de preventivo para detecção e tratamento de câncer

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba está promovendo uma campanha para ampliar a oferta de exames preventivo (citopatológico) para diagnóstico precoce e tratamento de câncer de colo de útero e de ovário.
Com a ampliação dos exames, além de todas as unidades de saúde que já realizavam a coleta do material, outros quatro pontos também foram inclusos. Toda segunda-feira será das 7h30 às 11 e das 13 às 16h30 no CIAF/Saúde da Mulher; terça-feira, das 7h30 às 11h e das 13 às 16h30, no Ipê 2; quarta-feira, das 7h30 às 11h e das 13 às 16h30, no Bairro das Campinas; e quinta e sexta-feira, no laboratório central, das 7 às 11 e das 13 às 16 horas.
A diretora de Assistência à Saúde, Luciana dos Santos Cruz, explicou que as demais unidades continuam realizando os exames preventivos normalmente como livre demanda, porém a Prefeitura está retomando a coleta nestes quatro pontos e em horário estendido. “Nestes locais a coleta ocorrerá no período da manhã e da tarde, possibilitando mais tempo e facilidades para as mulheres do bairro e região realizarem o exame. É importante que elas compareçam e realizem o preventivo. Quando mais cedo for o diagnóstico de doença, maiores são as chances de tratamento e cura”.
Ela ressaltou que o exame é rápido e é indicado para todas as mulheres que já iniciaram vida sexual. A única restrição é para mulheres que estejam menstruadas no dia do exame.
Além disso, neste sábado (9), das 8 às 13 horas, o ônibus da saúde estará na praça Monsenhor Marcondes para a realização dos exames. É preciso levar RG e cartão SUS (se a pessoa possuir).

Pinda abre mês de ações de promoção à saúde

Pinda abre mês de ações de promoção à saúde

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Saúde, realiza atividade em comemoração aos dias: 06 de abril, Dia Mundial da Atividade Física e Dia Nacional de Promoção à Saúde, e 07 de abril, Dia Mundial da Saúde.
A comemoração será no sábado (9), das 8h30 às 12h30, na Praça Monsenhor Marcondes. Ações como orientação de nutricionistas, práticas integrativas para saúde mental, atividades físicas orientadas, aferição de pressão, teste de glicemia, cálculo de IMC, massagens, meditação para principiantes, reiki e auriculoterapia estarão disponíveis para o público presente.
De acordo com a secretária de Saúde, Ana Cláudia Macedo, “o foco do evento é a conscientização sobre uma alimentação saudável e outras formas preventivas de saúde, para que a população não sofra com futuras doenças e melhore as condições de saúde no dia-dia, não ocorrendo nenhum tipo de sobrecarga.”

Pinda aplica vacina de sarampo em quem trabalha em estabelecimentos de saúde

Pinda aplica vacina de sarampo em quem trabalha em estabelecimentos de saúde

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba iniciou a primeira fase da vacinação contra sarampo em todas as pessoas que trabalham em estabelecimentos de saúde (clínicas, hospitais, ambulatórios, UPAs, laboratórios, drogarias etc). A imunização deste público é em caráter seletivo, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde.
A vacinação da tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) ocorre em todas as unidades de saúde do município, exceto no Goiabal, Nova Esperança, Cisas, Cidade Nova, Crispim e Maricá.
O horário de aplicação do imunizante é o mesmo do funcionamento das unidades.
Para se vacinar, o trabalhador precisar levar documento comprovando vínculo com o estabelecimento e a carteira de vacinação.

Nova unidade amplia atendimento de saúde para região leste a partir do dia 1º

Nova unidade amplia atendimento de saúde para região leste a partir do dia 1º

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba está ampliando o atendimento na rede de saúde pública do município para os moradores da região leste da cidade. A partir desta sexta-feira (1º), os moradores da Cidade Nova e região passam a contar com atendimento da nova Unidade Mista de Saúde.
O local, que anteriormente atendia exclusivamente pacientes covid, agora passa a atender a população das 7h às 19h, todos os dias da semana, ampliando o acesso à assistência de saúde e descentralizando alguns serviços de especialidades médicas para evitar deslocamento da população dessa região para a área central.
A unidade funcionará como pronto-atendimento para casos leves com clínico geral durante todo o expediente e também através de agendamento as seguintes especialidades médicas: clínica geral, cardiologia, pediatra, neurologia, pneumologia, fisioterapia, ginecologia, endocrinologia e psicologia.
A unidade de Estratégia Saúde Família ESF localizada ao lado da nova Unidade Mista continuará com o atendimento à população da mesma forma que vem sendo realizado atualmente.
“Gradualmente, conforme fomos adequando a agenda dos profissionais todas essas especialidades estarão à disposição dos moradores desta região, ampliando e facilitando o acesso aos serviços de saúde, de forma humanizada e descentralizada”, explicou a secretária de Saúde, Ana Cláudia Macedo.
Segundo ela, os casos de urgência e emergência devem ser encaminhados diretamente para o Pronto-Socorro central ou UPAs Moreira César e Araretama. “Isso está sendo realizado dessa forma para análise da demanda da região e para que futuramente possamos credenciar a unidade para que possa atender como uma Unidade de Pronto Atendimento, que é a forma para a qual o equipamento público foi concebido”, afirmou a secretária.
Na manhã de sexta-feira (1), o prefeito Dr. Isael Domingues, a secretária de Saúde Ana Claudia Macedo, vereadores e outras autoridades estarão no local para acompanhar o início do atendimento.

Pinda realiza caminhada azul pela conscientização do autismo

Pinda realiza caminhada azul pela conscientização do autismo

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Educação e Secretaria de Saúde, promove a Caminhada Azul pela Conscientização do Autismo, no sábado, 02 de abril – data do dia mundial de conscientização do autismo.
A organização pede para que os participantes vistam roupa azul, cor oficial da campanha. A saída ocorre às 9 horas na Praça Monsenhor Marcondes, vai até a Praça do Quartel e posteriormente retorna ao ponto de saída.
A programação vai das 8h30 às 12h30, com ações de saúde e bem-estar, como aferição de pressão, testes de glicemia, massagem e auriculoterapia, além de brincadeiras e apresentação de trabalhos das crianças que possuem grau de autismo.
O objetivo do evento é a conscientização das pessoas sobre o que é o autismo, uma condição que altera o desenvolvimento padrão da linguagem, interação social, processos de comunicação e do comportamento social. De acordo com a Secretaria de Saúde, o autismo não é uma doença se for considerado a definição de doença como uma enfermidade. Nem sempre o autismo “tem cara”, a conscientização do autismo começa quando se entende a diversidade do espectro.
“A caminhada da conscientização do autismo é uma oportunidade para dar mais visibilidade ao Transtorno do Espectro Autista (TEA), de dialogar e desmitificar mitos, como de não se tratar de uma doença. É um dos passos para a construção de uma sociedade mais compreensiva e acolhedora”, disse a secretária de Educação da Prefeitura, Luciana Ferreira.

Go to top