Prefeitura apresenta novo NAP Centro

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria e Educação, apresentou o novo NAP Centro (Núcleo de Apoio Psicopedagógico), na terça-feira (22). A unidade é uma das quatro apresentadas nas últimas semanas, juntamente com os NAPs Araretama, Cidade Nova e Pasin.
O prédio do NAP Centro fica na rua Dr. Gregório Costa, 163, próximo aos pontos de ônibus centrais – facilitando ainda mais o acesso da população.
Todo remodelado e mais abrangente, o NAP contará com diversos serviços aos alunos da rede municipal de ensino, como psicologia, fonoaudiologia, psicomotricidade e arteterapia.
O prefeito de Pindamonhangaba, Dr. Isael Domingues, ressaltou a qualidade do atendimento ofertado nos Núcleos de Apoio Psicopedagógico. “Temos equipes altamente qualificadas, com profissionais capacitados e que realizam um trabalho técnico e humanizado aos alunos que precisam de atenção especial”.
Ele elogiou as equipes da Secretaria de Educação e os profissionais do NAP pelo trabalho que prestam às crianças no município. "É fundamental o investimento em educação para garantirmos qualidade de vida aos nossos alunos. Trata-se de um serviço extremamente importante para os alunos especiais e que também proporciona qualidade de vida para o próprio estudante e para todos de sua família”.
O evento contou com a presença do secretário adjunto de Educação, Fabiano Vanone, dos vereadores Regininha, Julinho Car, Carlos Moura Magrão, Rogério Ramos, do assessor Vitor Macedo, representando o presidente da Câmara, José Carlos Gomes – Cal, membros do INFAP (Instituto de Formação e Ação em Políticas Sociais para a Cidadania), do grupo Mães de Azul – representado pelo senhor Josafá, dentre outros.
Desde fevereiro deste ano, os NAPs têm à frente o INFAP. A partir da assinatura do termo de colaboração técnica e financeira, os NAPs de Pindamonhangaba passaram a atender cerca de 500 alunos da Rede Municipal, em um investimento de R$ 3 milhões, que vão proporcionar mais qualidade de vida aos estudantes que precisam do atendimento especializado.

Alunos do UniFUNVIC participam de ação social em Pindamonhangaba

Alunos do UniFUNVIC participam de ação social em Pindamonhangaba

No dia 19 de março a Praça Monsenhor Marcondes em Pindamonhangaba recebeu solidariedade, voluntariado e muitos sorrisos.

Foi a comemoração do dia mundial da saúde bucal que é celebrado dia 20.

Ação Social da Secretaria de Saúde do município, UniFUNVIC, Fundo Social de Solidariedade - Projeto Sorriso da Gente e Sensodini.

A população foi acolhida, recebendo orientação sobre cuidados com a saúde bucal, higienização correta, atividades educativas e pôde contar com um ônibus todo equipado para prestar atendimento aos interessados, na hora.

Equipe Sensodine colaborando junto dos alunos do curso de Odontologia UniFUNVIC, que gentilmente compareceram em um ato solidário deixando a ação muito mais rica, com preciosas dicas sobre prevenção para crianças, adultos e idosos.

Parabéns a todos pela geração de consciência!

@azerbaijan_stockers

Dia Mundial da Síndrome de Down

21 de março é comemorado o Dia Mundial da Síndrome de Down. A data escolhida pela associação Down Syndrome International, é uma alusão à presença de três cópias do cromossomo 21, nas pessoas com a síndrome.
Síndrome de Down é gerada pela presença de uma terceira cópia do cromossomo 21 em todas as células do organismo, o que ocorre no momento da concepção. Cromossomos são estruturas biológicas que contêm a informação genética. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população. Trissomia significa, portanto, a existência de um cromossomo extra.
A alteração genética conhecida como síndrome de Down está presente na espécie humana desde sua origem. Foi descrita assim há 150 anos, quando o médico inglês John Langdon Down se referiu a ela pela primeira vez como um quadro clínico com identidade própria, em 1866. Em 1958, o francês Jérôme Lejeune e a inglesa Pat Jacobs descobriram, de maneira independente, a origem cromossômica da síndrome. Foi quando ela passou a ser considerada síndrome genética.
A intenção é fazer, todos os anos, atividades e eventos para aumentar a conscientização e criar uma voz global única para defender os direitos, inclusão e bem-estar das pessoas com síndrome de Down.
Neste dia, os portadores e aqueles que convivem, trabalham com eles, são convidados a participar de alguma atividade voltada para conscientização pública para defender direitos e o bem-estar destas pessoas.

Prefeitura apresenta novo NAP Centro na terça-feira

Prefeitura apresenta novo NAP Centro na terça-feira

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria e Educação, vai apresentar o novo NAP Centro (Núcleo de Apoio Psicopedagógico), na terça-feira (22), às 10h30. O prédio, que foi remodelado para receber um novo modelo de atendimento, ainda mais abrangente, fica na rua Dr. Gregório Costa, 163.
Assim como as demais unidade do NAP, contará com diversos serviços aos alunos da rede municipal de ensino, como psicologia, fonoaudiologia, psicomotricidade e arteterapia.
O prefeito de Pindamonhangaba, Dr. Isael Domingues, tem elogiado as equipes da Secretaria de Educação e os profissionais do NAP pelo “incrível trabalho que prestam às crianças especiais no município”. "Vocês atuam de forma fantástica na vida dessas crianças, não apenas na parte técnica, mas também no aspecto humano e social. Com isso, oferecemos atendimento digno e de qualidade aos nossos alunos”.
O prefeito também lembrou que Pindamonhangaba passa a ser referência no serviço. "Trabalhamos para buscar a excelência a cada dia. Diversas cidades da região e do Estado não possuem um serviço com este, mas devemos balizar nossa atuação por cima, buscando cada vez o melhor. Por isso, agradeço a toda equipe da educação e do Instituto de Formação e Ação em Políticas Sociais para a Cidadania, o INFAP, pela qualidade no atendimento e no tratamento amplo e adequado realizado nos NAPs".
Desde fevereiro deste ano, os NAPs têm à frente INFAP, e a partir da assinatura do termo de colaboração técnica e financeira, os NAPs de Pindamonhangaba passaram a atender cerca de 500 alunos da Rede Municipal, em um investimento de R$ 3 milhões, que vão proporcionar mais qualidade de vida aos estudantes que precisam do atendimento especializado.

Pinda segue decreto sobre não obrigatoriedade do uso de máscaras

Pinda segue decreto sobre não obrigatoriedade do uso de máscaras

A Prefeitura de Pindamonhangaba está seguindo o decreto Nº 66.575 de 17 de março de 2022, do Governo do Estado de São Paulo, a respeito da não obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados, exceto transporte público e unidades de saúde.
Com isso, o uso de máscara passa a ser opcional em ambientes fechados como shopping, cinema, mercado, comércios, salas de aula, academias, repartições públicas (exceto de saúde), entre outros. A flexibilização em ambientes já vigorava desde o dia 9 deste mês.
De acordo com pronunciamento do governo, a decisão foi baseada em análises técnicas do Comitê Científico do Coronavírus de São Paulo. Segundo pronunciamentos, os especialistas levaram em consideração o índice de vacinação com duas doses no estado, que atingiu a meta definida pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde (MS) de 90% da população elegível, ou seja, acima de 5 anos imunizada.

Pinda promove evento de orientação sobre saúde bucal no sábado

Pinda promove evento de orientação sobre saúde bucal no sábado

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pindamonhangaba está promovendo diversas ações em comemoração à Semana Mundial de Saúde Bucal.
Neste sábado (19), das 8h30 às 12h30, na Praça Monsenhor Marcondes, haverá dicas de higienização bucal com alunos da UniFunvic, além de detecção de sensibilidade nos dentes com dentista da Prefeitura, que fará atendimento no ônibus da saúde.
A assessora de Saúde Bucal de Pindamonhangaba, Thaylla Lopes, explicou que o trabalho do dentista será a detecção de sensibilidade, porém caso avalie a necessidade de tratamento nos dentes das pessoas, fará o encaminhamento para as unidades de saúde dos bairros.
Ela disse que também haverá entrega de kits com escova e creme dental, por meio de parceria com a Sensodine.
Outra ação que acontece durante a semana são as palestras e entrega de kits de saúde bucal nas escolas do município. Na sexta-feira (18), haverá palestra na escola João Kolenda, no Bem Viver, às 14 horas. “Foram selecionadas quatro unidades do município para a realização das palestras de orientação. Ribeirão Grande, Bom Sucesso, Bairro das Campinas e Bem Viver. Os alunos têm se demonstrado participativos e interessados pelo tema”, explicou Thaylla.
Segundo ela, entre alunos das quatro escolas, a Prefeitura deverá contabilizar a entrega de 1.230 kits de saúde bucal.
Dia Mundial da Saúde Bucal - Dia 20 de março é o Dia Mundial da Saúde Bucal.
Uma boa higiene bucal diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais e dentários.
Porém, algumas doenças bucais têm relação direta com o fumo, o consumo de álcool e a má alimentação.
Escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e após as principais refeições impede a formação de placa bacteriana que podem causar gengivite e cárie, por exemplo. Utilizar o fio dental todos os dias e creme dental com flúor ajuda a ter uma boa saúde bucal.
“Consultar sempre um dentista é fundamental, pois o profissional, além de fazer uma análise de toda a saúde bucal, irá detectar possíveis doenças sistêmicas que tenham manifestações bucais fazendo esse diagnóstico e dando andamento ao tratamento. Além disso uma conversa com ênfase na prevenção e higienização para o controle das doenças bucais especialmente a cárie, gengivite e má oclusão, orientação aos pais quanto há hábitos nocivos que podem interferir no crescimento dos maxilares por exemplo o uso da chupeta, sucção de dedo, onicofagia”, completou Thaylla.
Outro aspecto importante é alertar os pais sobre a respiração bucal que podem provocar uma atresia maxilar. Agradeço todos os profissionais, cirurgiões dentistas, que participam diretamente dessas ações e estão diariamente empenhados para o bem estar da nossa população.

Divulgação

Saúde promove ações às mulheres durante mês de março

Em comemoração ao mês da mulher, a Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba, com apoio do CMDM (Conselho dos Direitos das Mulheres), programou um grande evento na Praça Monsenhor Marcondes, que ocorrerá no dia 12 (sábado), das 8h30 às 12h30h, com ações de saúde, estética e bem-estar, e com a apresentação da banda Cidade Cinza.
De acordo com a secretária interina de saúde, Ana Cláudia Macedo, “o ônibus da saúde estará estacionado na praça para coleta de preventivos. Além disso, teremos alunos do Colégio Futura aferindo pressão e fazendo testes de glicemia, circunferência abdominal e orientação nutricional”.
Ela explicou que ainda haverá massoterapia, aurículo-terapeuta, designer de sobrancelhas (Inst. Embelleze), limpeza facial (Clinica Estética), Conselho da Mulheres de Pinda orientando juntamente com a OAB sobre os direitos das mulheres, combate e prevenção à violência, dentre outros assuntos.
Cidade Nova - Em continuação às comemorações, a unidade de saúde e Hospital Campanha Cidade Nova também estará com uma programação voltada ao mês das mulheres, com muitas atividades durante todo o mês, das 15 às 17 horas.

Confira a programação no Hospital Campanha Cidade Nova:
08/03- Lidando com o estresse: Psic. Ariela, auto atendimento e terapias complementares. Fisio, Mirian.
09/03- Menarca/menopausa/sexualidade: Enf. Sabrine, exercícios para saúde pélvica. Fisio, Juliana.
10/03- Contador de história: João arterapia e fisio day.
11/03- Contos da vida: Enf. Karina.
14/03- Liderança feminina: Spa facial, Mary Kay, esmaltação/design -purestima.
16/03- Empoderamento feminino: Psic. Ariela, dia de zumba, enf. Glenda e Nilvea.
18/03- Sexualidade: Dr. Bruna.
21/03- Aferição de PA e IMC: Enfermagem, nutrição feminina com nutricionista e fitoterapia nutricional, fisio Mirian.
23/03- Hormônios femininos: Dr. Leandro, acupuntura e manipulação manual, fisio Carlos.
25/03- Exercício físico para a mulher: Personal trainer Michele, massagens e drenagem linfática, fisio Karina, enf. Priscilla e Georgia.
29/03- Violência doméstica: Dr. Yeda.
30/03- Mulheres vencedoras: Bingo e dinâmicas, psicólogo Jardel.

Divulgação

Pinda amplia número de leitos de UTI adultos; vagas são controladas pelo sistema CROSS

O município de Pindamonhangaba conta com mais 10 leitos de UTI adulto – passando de sete para 17.
A ampliação é referente a um convênio assinado dia 1 de março entre a Prefeitura de Pindamonhangaba e o Ministério da Saúde, para instalação de mais 10 leitos.
Os leitos ficam na Santa Casa de Misericórdia e também contam com possibilidade de internação de isolamento – em caso de doenças que necessitem deste cuidado, como Covid-19, por exemplo.
O anúncio e os detalhes sobre os novos leitos serão realizados dia 9 de março (quarta-feira) durante coletiva no auditório municipal, às 9 horas.
Vale ressaltar que as vagas de UTIs são geridas pelo sistema CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), controlado pela Saúde do governo do Estado de São Paulo.
Ou seja, a gerência das UTIs e de suas vagas não são feitas pelo município de Pindamonhangaba e sim pelo sistema CROSS, aptas a receber qualquer paciente cadastrado e que necessite de tratamento intensivo via SUS.
“É uma grande conquista para Pindamonhangaba e toda sua população. O prefeito Dr. Isael Domingues tem trabalhado há tempos nesta questão junto à Santa Casa e ao Ministério da Saúde para esse incremento de leitos devido ao crescimento populacional e à constante necessidade de mais leitos. Agora com 17 leitos UTI temos mais condições para tratamento intensivo dos usuários do SUS”, explicou a secretária interina de Saúde, Ana Claudia Macedo.

Divulgação

Moradores devem fazer cadastro no E-SUS para garantir atendimento gratuito na saúde

A população de Pindamonhangaba deve fazer o recadastramento do E-SUS – uma exigência que o Ministério da Saúde impõe aos municípios de todo o Brasil.
Com o recadastramento, o cidadão garante atendimento gratuito em qualquer unidade de saúde pública do Brasil e contribui para diagnóstico e estatística de saúde.
“É importante que todos colaborem com esta exigência do Ministério da Saúde, pois é uma das formas que o SUS tem para levantamento populacional, estatístico, e também para definir parâmetros de repasse de medicamentos, vacinas, insumos e recursos para a saúde. Com base nesses dados é que o SUS baliza todas as suas transferências. Desta forma, se tivermos um menor número de pessoas cadastradas do que a população total da cidade, podemos receber menos insumos e os recursos serão insuficientes para o que precisamos”, explicou a secretária interina de Saúde, Ana Cláudia Macedo.
De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Pindamonhangaba possui 171.885 habitantes e apenas 113,
.215 mil fizeram recadastramento do E-SUS – cerca de 65,85% da população, com base em dados do Ministério da Saúde.
Ana Cláudia Macedo ressaltou que o percentual precisa aumentar para Pindamonhangaba estar de acordo com os parâmetros exigidos pelo SUS. “Neste momento temos mais de 58 mil pessoas sem o cadastro. É importante que elas procurem uma unidade de saúde para o recadastramento, mesmo que sejam pessoas que possuam convênio médico ou paguem suas despesas médicas e hospitalares de forma particular. O cadastro se refere ao sistema público de saúde, por isso todos devem ter um olhar amplo e pensar em si e também no próximo”, completou Ana Cláudia.
"Embora algumas pessoas não utilizem o SUS, o sistema está apto para atendê-las o tempo todo, seja com vacinas de rotina em crianças, vacinas contra Covid-19, um eventual resgate do SAMU, encaminhamento para Pronto Socorro, tratamento de doenças sanitárias, câncer, controle endêmico etc. O SUS é universal, é de todos”, completou a secretária interina de Saúde.
Para o recadastramento, a pessoa deve ir a qualquer unidade de saúde dos bairros, de segunda a sexta-feira, das 7 às 1 horas e das 13 às 16 horas, e levar cópia ou documentos originais (RG, CPF, comprovante de residência e Cartão SUS). Se não tiver o cartão SUS, ele também poderá ser feito na hora.

Go to top