Esportes

GP Brasil aguarda nova data após confirmação de 8 etapas

Apesar de ainda não ter data confirmada, o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 deve fazer parte das próximas corridas oficializadas para 2020.

 O calendário do campeonato, que iniciaria em março, teve de ser alterado devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

 Foram divulgadas as oito etapas que abrirão a temporada deste ano todas na Europa, onde a curva de propagação da doença está descendente.

Em 2020, o Dia do Desafio será realizado online

A pandemia do novo coronavírus apresentou um desafio extra aos participantes do Dia do Desafio.

 Isso porque a iniciativa, voltada para o combate ao sedentarismo e incentivo à prática coletiva de atividades físicas e esportes em diferentes locais e espaços públicos, tais como ruas, parques, praças, empresas e escolas, precisou ser reinventada, passando a adotar um novo formato para evitar aglomerações e, da mesma maneira, continuar estimulando pessoas a manter uma rotina ativa e saudável.

Assim, nesta próxima quarta-feira, dia 27 de maio, a 26ª edição do Dia do Desafio será realizada de um jeito bem diferente em relação às edições anteriores, sem competições entre as cidades e com atividades não presenciais, com foco nas redes sociais.

O Sesc São Paulo, tradicional parceiro do evento e coordenador do Dia do Desafio no continente americano, segue na organização.

A ideia do Dia do Desafio em 2020 é que, no dia 27 de maio, cidades, instituições e pessoas compartilhem, em suas redes sociais e usando as hashtags #DiaDoDesafio e #JuntosNoDiaDoDesafio, vídeos com práticas de atividade física, desafios, bate-papos, relatos de experiências e boas práticas relacionadas à importância da prática de esportes e movimento.

Advogado Sérgio Santos Rodrigues é eleito presidente do Cruzeiro

O advogado Sérgio Santos Rodrigues, de 37 anos, foi eleito nesta quinta dia 21 como novo presidente do Cruzeiro Esporte Clube. Ele venceu o pleito ao receber 269 votos dos 351 registrados

A duração do mandato de Rodrigues é de apenas 6 meses (1 de junho a 30 de dezembro de 2020), mas o desafio que terá pela frente será enorme, conduzir o clube durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Mas mesmo com uma missão tão complicada, o novo presidente cruzeirense chega ao cargo com muita esperança e pedindo o apoio da torcida: “Eu saí da mesma arquibancada que o torcedor vai. Sou de família cruzeirense e poder representar a torcida é um prazer fora do comum.

 Não tenho dúvida de que, com muita garra e determinação, vamos sair da difícil situação que enfrentamos.

 Agora precisamos de paz, dentro e fora do clube, e precisamos que a torcida abrace o nosso projeto e seja nossa parceira para que o Cruzeiro suba ano que vem”.

Olimpíada pode ser cancelada se pandemia não for controlada em 2021

 

 

Mesmo adiada para o ano que vem, a Olimpíada de Tóquio (Japão) corre o risco de ser cancelada, caso a pandemia do novo coronavírus (covid-19) não seja controlada até a data do evento, cuja abertura está prevista para o dia 23 de julho.

 A afirmação foi feita por Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), durante entrevista ontem dia 20 à rede britânica BBC News.

Ao ser questionado sobre a falta de previsibilidade sobre o controle da covid-19 até a data de abertura da Olimpíada,  pela primeira vez Bach admitiu o cancelamento definitivo do evento.

“Realizar as Olimpíadas no verão [no Japão] é a última opção. Francamente, entendo isso porque você não pode empregar para sempre 3.000 ou 5.000 pessoas em um comitê organizador.

Você não pode mudar todos os anos todo o calendário esportivo mundial de todas as principais federações. Você não pode ter os atletas em incerteza. Você não pode ter tanta sobreposição com os futuros Jogos Olímpicos, por isso entendo essa abordagem de nossos parceiros japoneses”.

Apesar da possibilidade real de cancelamento, o presidente do COI reforçou que está confiante e empenhado na realização dos Jogos, entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

Ele adiantou possíveis medidas de segurança sanitária, em avaliação, como a quarentena de todo o efetivo de profissionais e os cerca de 11 mil atletas.

Atacantes têm maior risco de contaminação em campo por coronavírus diz estudo

Um estudo da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, aponta que os atacantes têm maior risco de contaminação pelo coronavírus no retorno do futebol.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram as movimentações em campo a fim de determinar em qual posição atuam os jogadores que passam mais tempo a menos de 1,5m de outro.

Os atacantes de área ficam, em média, dois minutos em proximidade com outros jogadores, embora esse número possa chegar a até 11 minutos de exposição em alguns casos.

 O "ranking de risco" segue com zagueiros, meio-campistas até chegar aos goleiros, que são os mais protegidos.

Cada partida foi analisada pelos pesquisadores como se apenas um atleta tivesse contaminado pelo coronavírus.

 O estudo concluiu, após 15.750 combinações, que um jogador passa em média quase 88 segundos (pouco menos de um minuto e meio) próximo a alguém infectado.

 Caso mais de uma pessoa em campo tenha o vírus, esse risco precisa ser multiplicado pelo número de infectados.

"Primeiramente, pensei que eram números pequenos, mas analisando de perto notei que há diferenças muito grandes entre as posições.

 Há jogadores que passam segundos e outros que ficam até 11 minutos [expostos ao vírus]", explica o professor-associado Thomas Bull Andersen, um dos líderes do estudo, ao jornal "Daily Mail".

O estudo considerou apenas a proximidade de um jogador com outro infectado, e não levou em conta o risco de contaminação sucessiva entre eles, nem através do contato com a bola.

 Constatou-se ainda que os atletas têm maior risco de infecção por um rival do que por um companheiro de time: um lateral-esquerdo, por exemplo, passa mais tempo em contato com o ponta-direita do time adversário.

Apesar disso, especialistas argumentam que os números apontados pelo estudo revelariam um baixo risco de contaminação. A Organização Mundial da Saúde acredita que mais de 15 minutos de exposição acumulada representariam um alto risco de transmissão.

Campeão olímpico Maurício Borges é novo reforço do Vôlei Taubaté

O Vôlei Taubaté vai contar com mais um reforço Olímpico para a próxima temporada 2020/2021.

 Trata-se do ponteiro Maurício Borges, de 31 anos.

 Dono de um currículo de muitos títulos pelos clubes por onde passou e pela Seleção Brasileira, o atleta de 2,00m de altura é mais uma novidade da equipe taubateana que a partir da próxima temporada será dirigida pelo técnico argentino Javier Weber.

Até a última edição da Superliga masculina, encerrada no último mês de abril, Maurício Borges defendeu o Sesc-RJ, equipe que encerrou a competição na terceira posição. 

Em Taubaté, Maurício Borges tem tudo para se sentir em casa, já que reencontrará diversos companheiros de Seleção Brasileira, como os centrais Lucão e Maurício Souza, o ponteiro Douglas Souza e o levantador Bruno Rezende. 

“Com certeza fica mais fácil se adaptar a um novo time com tantos amigos e jogadores que eu já conheço da Seleção.

 Esse fator é muito positivo para todos nós, então temos que tirar proveito disso e chegar ao nosso melhor a cada dia de treino e em cada jogo.”, disse.

Sobre sua vinda para o Taubaté, Maurício Borges comentou que se sentiu muito feliz de confirmar seu acerto com a equipe por diversos fatores que envolvem o projeto do vôlei na cidade.

 “Dentre os motivos muito positivos que me fizeram aceitar esse desafio de vestir a camisa do Taubaté estão o fato do projeto ser muito sólido, contando com o apoio de patrocinadores e também da própria cidade, que tem um público fanático, que dá muito apoio ao time.

 Isso tudo me deixou muito à vontade para escolher o EMS Taubaté Funvic”, afirmou Maurício.

O ponteiro disse estar muito animado para se apresentar ao clube e se juntar à equipe.

Sobre o time que vem sendo montado para a temporada 2020/2021, o atleta também teceu elogios. “Fico muito feliz de estar num time que está sendo preparado para entrar em todos os campeonatos para brigar diretamente pelo título. Sem dúvidas o desafio é manter o alto nível de jogo, e buscar os títulos da Superliga e do Sul-Americano, que seria um passo inédito e de extrema importância para o Taubaté.

 Com certeza o torcedor pode esperar tanto de mim quanto de todos os companheiros de equipe uma entrega total, e vamos em busca desses objetivos”, comentou.

Atuando pelos clubes que defendeu anteriormente, o ponteiro conquistou dois títulos da Superliga: na temporada 2006/2007 integrando o Minas Tênis Clube (MG); e na temporada 2011/2012 atuando pelo Sada Cruzeiro (MG).

Com a camisa da Seleção Brasileira, foram diversos títulos nas categorias de base, e no time adulto o grande destaque é para a medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Maurício também conquistou a Copa do Mundo 2019, o Ouro nos Jogos Pan Americanos de Guadalajara 2011, a Liga Mundial de 2010 e a Copa dos Campeões de 2013.

Provas de ciclismo mundial voltam a acontecer em agosto

As provas de ciclismo internacional voltarão a acontecer em agosto, com término em 8 de novembro.

 Nesta terça dia 5, a UCI (União Ciclística Internacional) anunciou o calendário atualizado das etapas de ciclismo para 2020.

A temporada terá 25 provas e algumas delas deverão ter período de realização coincidentes, por conta das poucas datas disponíveis.

Isto deve acontecer em etapas tradicionais como o Tour de France, Giro d'Italia e Volta da Espanha.

 Estas competições duram vários dias.

Na Itália, por exemplo, será disputada entre 3 e 25 de outubro.

 Já a famosa prova espanhola acontecerá entre 20 de outubro e 8 de novembro.

A previsão é que muitos atletas vão optar por provas que durem apenas um dia.

 As provas do ciclismo estão paralisadas pela UCI desde o dia 15 de março por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Vôlei Taubaté se despede de Vissotto e Lipe

O voleibol brasileiro ainda não tem previsão para volta, após a decisão pelo fim da Superliga.

 Apesar disso, o atual campeão segue se movimentando nos ‘bastidores’. Após anunciar a contratação do levantador Bruninho, o Vôlei Taubaté\Funvic se despediu de dois dos principais atletas da equipe nos últimos dias.

Na última sexta-feira dia 1, o clube se despediu do oposto Leandro Vissotto. Com contrato encerrado, o experiente jogador não está nos planos para a próxima temporada.

 Nas redes sociais, o Vôlei Taubaté e os torcedores agradeceram ao jogador, que foi fundamental na conquista da Superliga 2018/2019.

Já nesta segunda-feira dia 4, a saída confirmada foi a de Lipe. O campeão olímpico retornou ao Taubaté na temporada que foi encerrada pela pandemia do coronavírus, tendo conquistado o título do Campeonato Paulista.

 Antes, ele já havia defendido o time do Vale do Paraíba entre 2014 e 2016, conquistando dois títulos estaduais e uma Copa Brasil.

A tendência é que o time divulgue os substitutos de Lipe e Vissotto em breve. Segundo especulações, o clube deverá contar com o ponteiro João Rafael (Tours-FRA) e o oposto Felipe Roque (ex-Minas).

 Os jogadores fazem parte da nova geração do voleibol brasileiro e possuem histórico de convocações para seleções de base.

Federação adia Mundial de Esportes Aquáticos para maio de 2022

O Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos foi adiado para maio de 2002.

 A mudança do evento inicialmente programado para julho do ano que vem foi anunciada na manhã desta segunda-feira dia 4 pela Fina (Federação Internacional de Natação), em nota oficial publicada no site da entidade.

De acordo com entidade, a mudança da data foi necessária, devido ao adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A Olimpíada foi remarcada para período de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

O Mundial será realizado de 13 a 29 de maio de 2022,  a cidade de Fukuoka (Japão).

 O evento abrange competições de natação sede a saltos ornamentais, nado artístico, polo aquático, salto em plataforma alta e maratona em águas abertas.

“Em um momento de incerteza sem precedentes, a FINA espera que o anúncio dessas datas permita alguma clareza no planejamento para todos os envolvidos", disse no comunicado oficial o presidente da entidade Júlio Maglione.

A decisão da Fina, vem nas esteira de outras federações internacionais que também postergaram a realização dos seus principais eventos depois do adiamento dos Jogos de Tóquio (Japão) para 2021.

No dia 30 de março a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, sigla em inglês) adiou o Mundial da modalidade para 2022 e na última quinta-feira dia 30 foi a vez da Federação Internacional de Atletismo Paralímpico (Word Para Athletic) remarcar para o período de 26 de agosto a 4 de setembro de 2022 o Mundial de Atletismo Paralímpico.

Fim de férias desencadeia mais cortes de salários e demissões nos clubes

A reta final do mês de abril encerra o período de férias antecipadas a jogadores e comissões técnicas dos clubes brasileiros.

 Por consequência, o último dia desencadeou uma série de medidas, como demissões e anúncios de acordos de redução salarial nos clubes que disputam a Série A do Brasileirão.

O corte de funcionários se deu até mesmo no Flamengo, que estimou impacto "absorvível" diante do coronavírus, caso a pausa no futebol se restringisse a três meses.

 Com um mês e meio, recorreu às demissões e formalizou um acordo de redução com funcionários.

O Corinthians anunciou redução de 25% na renumeração dos jogadores a partir do mês de maio.

Segundo o clube, todos os atletas do futebol feminino e da base também serão inclusos na medida.

 A comissão técnica do profissional entrou em outra linha de corte, mais dura: 70% do salário, a exemplo do que fora aplicado nesta semana para funcionários.

O Palmeiras também se mexeu e anunciou o acordo de redução com os jogadores e a comissão técnica de Vanderlei Luxemburgo.

 O corte será de 25% dos valores previstos via CLT para maio e junho. Segundo o clube, a proposta prevê também a postergação dos pagamentos dos direitos de imagem dos atletas os de abril serão divididos entre os meses de agosto e dezembro de 2020, enquanto os de maio serão divididos entre janeiro e junho de 2021.

"A gente não teve nenhum tipo de problema para chegar a uma solução para esse tema e tomamos a melhor decisão para todos os envolvidos.

 O Palmeiras, assim como outros clubes e empresas, possui muitos funcionários e todos são extremamente importantes.

 Espero que tudo se normalize o mais rapidamente possível e que, em breve, todos possam retomar suas atividades", disse o meia-atacante Dudu.

O Vasco suspendeu contrato de trabalho de funcionários por dois meses maio e junho.

 O clube pagará 30% dos salário bruto como ajuda compensatória mensal - ou seja, uma redução de 70%.

O Coritiba precisou recorrer a demissões no departamento de futebol.

 Comissão técnica e atletas terão redução de 25% nos seus vencimentos (CLT e imagem).

 Todo o quadro do futebol de base terá contrato de trabalho suspenso. Quanto aos meses de março e abril, há negociação de um prazo maior para pagamento.

Nesta quinta, o Bahia comunicou que, desde meados de março, a diretoria e o elenco profissional tiveram seus salários reduzidos em 25%.

 Em relação aos demais funcionários e atletas da divisão de base, após acordo com os respectivos sindicatos da categoria, estão sendo realizadas medidas como redução de jornada e suspensão de contratos.

Os descontos, porém, chegarão ao máximo de 20% das remunerações, sendo mantida a integralidade de quem recebe até 1,5 salário.

Go to top
JSN Time 2 is designed by JoomlaShine.com | powered by JSN Sun Framework