Alunas de São José se destacam em Olimpíadas e descobertas científicas

O ano de 2021 começou diferente para Micaele Vitória Cavalcante Gomes, 17 anos, ex-aluna da Emef Elizabete de Paula, no Jardim Mariana. Estudiosa e apaixonada por astronomia, foi observando imagens do céu no dia 7 de janeiro, durante estudos para um projeto, que ela identificou um asteroide e, futuramente, poderá nomear sua descoberta.

Gabrielle Rocha dos Santos, 14 anos, concluiu o ensino fundamental no ano passado na mesma escola municipal. Assim como Micaele, Gabrielle é apaixonada por Ciência e se destaca na área. Nos três últimos anos, a estudante conquistou medalhas de ouro por suas participações na OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica).

São muitas as histórias inspiradoras de alunos e ex-alunos da rede de ensino municipal de São José dos Campos. Com incentivo aos estudos e oportunidades em campeonatos e olimpíadas, alunas como Noemy Vitória Menezes de Almeida, 13 anos, se inspiram e se preparam para o futuro.

“Participei pela primeira vez da OBA em 2018, gosto de estudar sobre os planetas e ciências em geral, por isso, adorei participar da Olimpíada. A escola me ajuda muito a ter disciplina nos estudos. Já estou me preparando para a edição deste ano”, conta Noemy.

Asteroide
Micaele faz parte do grupo “Caça Asteroides”, ligado à Unesp (Universidade Estadual Paulista) e inscrito no programa IASC (International Astronomical Search Collaboration), coordenado pela Nasa.

Após a descoberta da jovem, o asteroide terá as características e rota analisadas por astrônomos profissionais, o que pode levar até cinco anos. Concluído esse período, o estudo será catalogado pelo Minor Planet Center (Harvard) e então poderá ser batizado pela descobridora. Em seguida, a proposta deve ser levada ao órgão que oficializa a identificação, a União Astronômica Internacional.

“Participar do projeto ‘Caça Asteroide’ da Unesp foi uma experiência única na minha vida, um sonho que realizei. Sempre quis contribuir para a Ciência de alguma maneira, mas não esperava que fosse assim e tão rápido. Conheci pessoas legais no projeto, aprendi muito e desenvolvi o meu lado pessoal também”, diz.

“Cada conquista que tenho dedico a todas as meninas que também se esforçam, estudam e gostam de pesquisa e Ciência. Espero que outras também possam alcançar sonhos, acreditar que são capazes e fazer a diferença”, destaca a estudante, que ainda irá decidir qual nome dar para sua descoberta cientifica.

Inspiração
Micaele e Gabrielle compartilham com Noemy gostos em comum e as salas de aula e laboratórios da mesma escola municipal, no Jardim Mariana, região leste da cidade.

“Amo estudar Ciência, gosto muito da natureza, saber como tudo funciona, como tudo é formado e organizado é algo que me encanta. A Olimpíada, além de tratar de assuntos que encantam, nos dá oportunidade de descobrir ainda mais sobre o mundo, as surpresas lindas do universo”, afirma Gabrielle, que atualmente cursa o 1º ano do ensino médio na EE Valmar Lourenço Santiago, no Campos de São José.

“Sempre há mais para se aprender, como o nosso universo, que ainda guarda muitos mistérios e áreas inexploradas. Gosto de Ciências, de Astronomia e de Medicina, pretendo decidir meu futuro por uma dessas áreas”,afirma a jovem.

“O apoio e o carinho que a toda equipe pedagógica me deu em 2018 foram essenciais para formar o que sou hoje. A ‘Bete de Paula’ foi a escola que proporcionou meu primeiro contato com a Ciência e que, além de dar oportunidades, me apoiou. Guardo um carinho enorme pela escola que me mostrou que todo sonho é possível. Meu sentimento de gratidão é tão forte que espero poder retribuir o que foi feito por mim”, afirma Micaele.

“Na escola recebo incentivo e percebo a dedicação de todos. A Micaele e a Gabrielle são exemplos para mim, para continuar me dedicando aos estudos”, diz Noemy.

Projeto da Nasa
A proposta da Nasa é contar com a cooperação de cientistas e cidadãos do mundo inteiro para descobertas sobre o universo. Os achados do projeto Caça Asteroides vão contribuir para os estudos de astrônomos profissionais. As imagens foram captadas pelo telescópio do projeto Pan-STARRS1, localizado no alto de um vulcão inativo de cerca de 3 mil metros de altitude no Havaí.

Destaques na OBA
A edição 2020 da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que aconteceu virtualmente, teve presença de destaque dos estudantes da rede de ensino municipal. Com 129 medalhas, alunos de São José conquistaram 43 de ouro, 30 de prata e 56 de bronze.

Entre os medalhistas, 24 alunos da rede municipal se classificaram para as pré-seletivas da Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica e para a Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2021, porque alcançaram nota igual ou maior a 9 na prova da XXIII OBA de nível 3 para estudantes do último ano do Ensino Fundamental.

Podem participar da OBA alunos do primeiro ano do ensino fundamental até alunos do último ano do ensino médio. A competição tem como principal objetivo incentivar os alunos a estudarem disciplinas como Física, Matemática e Geografia, além de despertar o interesse dos jovens pela Ciência e Tecnologia ao abrir portas para o universo da Astronomia prática e teórica.

Segmento de biografias cresce com grandes livros e lições valiosas

Segmento de biografias cresce com grandes livros e lições valiosas

O segmento de biografias é um dos favoritos dos brasileiros e existem diversos motivos para isso. Além de apresentar aos principais passos da história de sucesso de personalidades incríveis, essas obras fornecem grandes lições de vida e aprendizados valiosos.

De acordo com dados levantados pela quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Ibope Inteligência para o Instituto Pró-Livro (IPL) em 2015 e realizada a cada quatro anos, cerca de 35 milhões de brasileiros consomem obras de memórias e biografias número equivalente a quase 40% do universo de leitores.

Segmento é um dos que mais cresce
Segundo dados da Nielsen Bookscan, o lançamento de livros de memórias em 2017 fez o segmento disparar em vendas no país e crescer 23,4% em relação a 2016, com uma alta de 8% no número de exemplares vendidos.

 Para fins de comparação, o setor de livros como um todo cresceu apenas 6%.

A tendência de crescimento continuou nos últimos anos e a quinta edição pesquisa da IPL revelou que ainda que o Brasil tenha perdido parte dos seus leitores, a média de livros lidos por eles aumentou de 4,54 para 4,95.

Além disso, cerca de 54% do público feminino se identifica como leitora, frente a 50% do público masculino, e impressionantes 82% dos entrevistados afirmaram que gostariam de ter lido mais, o que indica que os números devem crescer nos próximos quatro anos.

Diversas biografias fizeram sucesso entre os leitores nacionais e abaixo será possível conhecer algumas das mais recomendadas para qualquer leitor que queira ingressar nesse fenômeno.

Hub de Taubaté lança projeto destinado a alunos empreendedores

Hub de Taubaté lança projeto destinado a alunos empreendedores

O Hub de Inovação Tecnológica de Taubaté (Hitt) lançou nesta quarta-feira (14), a primeira edição do programa Ideação.

 A iniciativa, que tem parceria da Inova CPS, é voltada para mentes jovens e empreendedoras, tendo como público-alvo alunos que estejam cursando ensino técnico, graduação ou pós-garduação.

Para participar, os únicos pré-requisitos exigidos são ter mais de 18 anos e estar regularmente matriculado em instituições públicas ou privadas da região.

O Ideação ocorrerá de forma totalmente on-line e 100% gratuita. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo site do Hitt até o dia 25 de outubro.

Segundo o Hub, o programa está dividido em 7 encontros semanais e terá início no dia 31 de outubro, sábado.

 As aulas abordarão temas como processo criativo, inovação, empreendedorismo, propriedade intelectual, canvas e pitch – conteúdos considerados relevantes para quem deseja começar a empreender.

Governo de SP anuncia abertura do período de matrículas para ano letivo de 2021

Governo de SP anuncia abertura do período de matrículas para ano letivo de 2021

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira dia 5 a abertura do período de matrículas para o ano de letivo de 2021 na rede estadual a partir desta terça-feira dia 6. O prazo para os alunos que já fazem parte da rede vai até o dia 16 de outubro e a solicitação deve ser feita pelo aplicativo Minha Escola SP ou pela plataforma Secretaria Escolar Digital (SED).

“Para os alunos que ainda não fazem parte da rede estadual, o prazo da matrícula vai até o dia 30 de outubro. Os pais e interessados podem procurar qualquer escola estadual, a diretoria de ensino ou os postos do Poupatempo em todo o estado de São Paulo”, explicou Doria.

No momento na matrícula, alunos e responsáveis poderão selecionar oportunidades adicionais oferecidas pela Secretaria Estadual da Educação como os cursos idiomas oferecidos pelos Centro de Estudos e Línguas; o modelo de ensino técnico do Novotec desenvolvido em parceria com o Centro Paula Souza; o 4º ano opcional do ensino médio; e a matrícula em escolas de tempo integral.

“O ano de 2021 será um grande desafio para todas a áreas. Na educação, não será diferente. Precisamos fazer a busca ativa dos alunos para o último bimestre de 2020, que começa neste mês. E engajar todos os nossos estudantes e seus responsáveis para realizarem as matrículas para o ano que vem. Não podemos deixar nenhum aluno para trás”, destacou o Secretário de Educação, Rossieli Soares.

Estudantes  têm até hoje  (1º) para inserir foto no cadastro do Enem

Estudantes têm até hoje (1º) para inserir foto no cadastro do Enem

Até 23h59 (horário de Brasília) desta quinta-feira (1º), os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem inserir ou alterar a foto na Página do Participante. O cadastramento é obrigatório e a foto deve atender a algumas regras, como ser atual, nítida, individual, colorida e com fundo branco.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), não serão aceitas imagens de pessoas com óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares).

A fotografia também deve mostrar o rosto inteiro do participante, com uma boa iluminação e foco, além de estar nos formatos de arquivo JPEG e PNG (tamanho máximo de 2 MB). Imagens em PDF não serão permitidas. O Inep e o Ministério da Educação (MEC) não realizam validação da foto.

Provas
Por causa da pandemia do novo coronavírus, as provas da edição 2020 do exame foram adiadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa); e 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital).

Além de uma redação e 45 questões, os candidatos terão que responder questões sobre quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Dúvidas
As informações a respeito do Enem 2020 podem ser acompanhadas nos portais do Inep e do MEC, assim como nas redes sociais oficiais dos dois órgãos do governo federal. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do instituto, por meio do autoatendimento online ou do 0800 616161, a central aceita apenas chamadas feitas de telefone fixo.

Aulas presenciais da Rede Municipal de Taubaté serão retomadas em 2021

Aulas presenciais da Rede Municipal de Taubaté serão retomadas em 2021

As aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino de Taubaté serão retomadas somente em 2021.

 A decisão foi anunciada na última sexta-feira dia 18 pela Prefeitura.

Segundo a administração municipal, a decisão foi tomada considerando as incertezas a respeito da segurança dos alunos e professores, indefinições sobre a potencialidade das crianças em disseminar o vírus, opinião dos pais, equipe gestora, professores, monitores e instrutores.

Para 2020, a Secretaria de Educação vai manter os laboratórios de informática abertos para uso, mediante agendamento, para alunos com dificuldade de conexão com a internet, bem como as aulas remotas com a distribuição de apostilas, roteiros de estudos com o livro didático, aulas transmitidas pela TV Câmara e YouTube, interações entre professores e alunos e as atividades do Programa Escola Sem Muros.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a alimentação escolar continuará a ser entregue diariamente nas escolas para os estudantes regulamente matriculados na Rede Municipal de Ensino.

 Os pais que tiverem interesse em retirar a marmita devem comparecer à escola polo de alimentação no horário do almoço com um documento original da criança.

Escolas públicas e privadas reabrem em 128 municípios paulistas

Escolas públicas e privadas reabrem em 128 municípios paulistas

Escolas das redes pública e privada voltaram a funcionar nesta terça-feira (8) em 128 municípios paulistas.

 A autorização dada pelo governo estadual permite a retomada de apenas parte das atividades presenciais, como aulas de reforço e recuperação, orientação de estudos, tutoria pedagógica; plantão de dúvidas, avaliação diagnóstica e formativa, atividades esportivas e culturais e acolhimento emocional.

Os municípios gozam de autonomia para definir o calendário de volta às aulas, já que a decisão depende do avanço da covid-19 nas regiões.

 De acordo com informações repassadas pela Secretaria da Educação há cidades que haviam aderido à retomada das atividades e recuaram, como é o caso de Cotia, que apresenta curva ascendente da doença, já somando 3.644 casos confirmados.https://i0.wp.com/agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?w=750&ssl=1" width="1" height="1" />https://i2.wp.com/agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?w=750&ssl=1" width="1" height="1" />

As condições para o retorno estão previstas no Plano São Paulo, que classifica os municípios por cores, conforme os índices de covid-19. Segundo as regras, para voltar a desenvolver atividades presencialmente, as unidades escolares devem estar localizadas em áreas enquadradas na Fase Amarela do plano, por 28 dias consecutivos, no mínimo.

Em nota, a secretaria destaca que as escolas estaduais que retornarem poderão receber, no máximo, 20% dos alunos por dia, independentemente da etapa de ensino. Já as redes municipais e privadas devem seguir o decreto do governo estadual, que prevê limite de 35% para educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental, e 20% para anos finais do ensino fundamental e ensino médio.

Há ainda recomendação de que estudantes do grupo de risco permaneçam em casa e continuem acompanhando as aulas por ensino remoto. O mesmo vale para profissionais.

Para tirar dúvidas de alunos, pais, professores e servidores da área, a pasta criou cartilhas que explicam como devem proceder.

O secretário de Educação, Rossieli Soares, afirmou que um dos focos da fase de retorno é “o aspecto socioemocional”.

 Ele reiterou a necessidade de levar com seriedade os protocolos de prevenção contra a covid-19.

 “A rede deve estar voltada a cumprir todos os protocolos de saúde e de segurança. E isto é um dever de todos nós: equipes gestoras, escola e família.”

Até o início da tarde de ontem (7), o estado de São Paulo contabilizava 857.330 casos confirmados de covid-19. No boletim epidemiológico, constavam 31.377 óbitos.

Campanha promove paternidade no Brasil e no exterior

Campanha promove paternidade no Brasil e no exterior

Uma campanha de mobilização social de nível global, chamada MenCare, promove desde o início da segunda década no Brasil e em outros países o maior envolvimento dos homens na paternidade. O objetivo é envolver mais os pais e cuidadores, de forma equitativa às mulheres e sem violência, na criação dos filhos.https://i0.wp.com/agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?w=750&ssl=1" width="1" height="1" />https://i2.wp.com/agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?w=750&ssl=1" width="1" height="1" />

A campanha ganhou uma meta imediata no Brasil: fazer com que os pais dediquem mais 50 minutos diários aos filhos, inclusive em tarefas como dar banho, preparar comida, acompanhar estudos rotinas que sobrecarregam as mulheres na segunda jornada de trabalho. “A gente está falando de mudar a perspectiva de criação da criança”, afirma o consultor.

Segundo Rodrigo Laro, “não é só uma questão de comportamento, estilo de vida, cultura ou política. Estamos falando de várias determinantes sociais que compõem isso. O nosso pano de fundo é o cuidado. Como é que nós conseguimos formar crianças, meninos, mais cuidadosos. Como é que a gente pode mostrar para eles desde cedo que o cuidado tem a ver com o prazer, com a saúde, com o bem estar.”

Homens brincam com os filhos, mas cuidam menos

Faz parte da iniciativa a realização periódica de pesquisas primárias e levantamentos secundários sobre a situação da paternidade em várias partes do mundo. No ano passado, o Instituto Promundo divulgou os resultados de enquete realizada no Brasil e em mais seis países.

Na amostra brasileira, a pesquisa foi aplicada pela internet, no segundo semestre de 2018, a 1.709 pessoas de 25 a 45 anos – desses, 1.141 eram homens (sendo 790 pais) e 560 eram mulheres (das quais 380 eram mães).

Na distribuição regional (concentrada no Sudeste) e composição da cor (predominantemente branca), a pesquisa não é representativa do conjunto da população brasileira, mas traz indicações de comportamento e de expectativas que podem ser generalizadas: “em decorrência da dupla jornada, as mulheres brasileiras trabalham, em média, 7,5 horas a mais que os homens por semana.”

A pesquisa também verificou que “a maioria dos pais brasileiros relata brincar com as crianças (83%), no entanto, atividades como cozinhar (46%) e dar banho (55%) são bem menos citadas.”

O levantamento também mostra que “apesar do desejo expresso pela grande maioria dos homens (82%), de envolverem-se mais nos cuidados de suas filhas e filhos durante as primeiras semanas e meses de suas vidas, menos de um terço dos pais entrevistados que tinham direito à licença paternidade tiraram os cinco dias previstos em lei.”

Conforme matéria divulgada pela Agência Brasil na última quarta-feira (7), a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Cristina Peduzzi,  defendeu a adoção no Brasil de licenças parentais, do pai e da mãe de forma alternada, como ocorre em outros países.

Ela disse, durante webinar promovido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que “esse tipo de política favorece o redesenho da divisão sexual do trabalho, retirando a responsabilidade exclusiva da mãe pelo afastamento em razão da maternidade e distribui o dever do cuidado, como uma forma de estímulo ao pai, uma vez que ambos estarão compartilhando esse afastamento do mercado de trabalho em igualdade de condições.”

Cronograma de entrega dos kits de alimentação escolar de Taubaté é atualizado

Cronograma de entrega dos kits de alimentação escolar de Taubaté é atualizado

O cronograma de entrega dos kits de alimentação escolar foi atualizado pela Secretaria de Educação de Taubaté, com novas unidades da Rede Municipal de Ensino listadas para a próxima quinta dia 6, sexta dia 7, segunda-feira dia 10 e terça-feira dia 11.

Os kits começaram a ser fornecidos em 31 de julho e serão entregues em sua totalidade até 11 de agosto. As datas foram estipuladas pela Secretaria de Educação e os horários definidos pelas escolas para que não haja aglomeração.

Ao todo, a Secretaria de Educação adquiriu cerca de 200 toneladas de alimentos divididos em 31 mil kits montados de quatro formas diferentes, com itens que atendem a faixa etária e o nível de ensino em que o aluno está matriculado. A alimentação servida pronta, em marmitex, continuará a ser entregue. Os kits são um reforço para a alimentação do aluno em casa.

Somente alunos cadastrados poderão efetuar a retirada dos kits. Caso o responsável tenha efetivado o cadastro e no momento da retirada do kit o nome do aluno não conste na lista, haverá na escola um espaço para registro de ocorrências. Após verificação na secretaria, o pai obterá um retorno na própria unidade para a entrega dos kits.

Para retirada, é necessário a apresentação de um documento original do aluno.

Go to top