Albergue Municipal tem capacidade para acolher 20 moradores em situação de rua

Albergue Municipal tem capacidade para acolher 20 moradores em situação de rua

A Prefeitura de Pindamonhangaba inaugurou o Albergue Municipal na segunda-feira (27). O espaço é um serviço de proteção social especial de alta complexidade da Assistência Social que atenderá pessoas em situação de rua com diversos serviços.
O equipamento fica na rua Papa João XXIII, 433, Alto Cardoso, e substitui e amplia os serviços que estavam sendo realizados no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua, desde março, na Quadra Coberta. O espaço atualmente está sendo desativado e voltará a funcionar para prática esportiva.
De acordo com a secretária de Assistência Social, Ana Paula Miranda, “o albergue tem capacidade inicial para atender 20 pessoas entre homens e mulheres, que estejam dentro dos critérios e perfil do regulamento do serviço”.
Ela relatou que “dentre os serviços oferecidos pela Assistência Social no local estão a triagem pela equipe técnica, atendimento social e psicológico, bem como todos os encaminhamentos necessários à rede sócio-assistencial do município”.
O albergue contará com uma equipe técnica composta por assistentes sociais, psicólogos, além de apoio administrativo, guardas, controladores de acesso 24 horas, ajudantes de serviços gerais, dentre outros.
O evento reuniu dezenas de autoridades, como o presidente da Câmara, José Carlos Gomes – Cal, vereadores Julinho Car, Regininha, Magrão, Rogério Ramos, Herivelto Vela, Gilson Nagrin, Renato Cebola, além de secretários municipais, do deputado estadual André do Prado e do deputado federal Marcio Alvino.
Os deputados elogiaram o serviço e anunciaram que vão repassar R$ 100 mil para cada uma de 13 instituições assistenciais de Pindamonhangaba. Márcio Alvino, que enviou cerca de R$ 600 mil para custeio do albergue, ainda vai liberar uma ambulância para a Apae.
O vice-prefeito e secretário de Governo e Serviços Públicos Ricardo Piorino enalteceu o empenho da gestão municipal em atividades sociais e frisou o compromisso da Prefeitura em proporcionar serviços que garantam a proteção social e a qualidade de vida.
O prefeito Dr. Isael Domingues explicou que o albergue vai fornecer kits de higiene, alimentação, banho e pernoite aos acolhidos. “As pessoas em situação de rua poderão permanecer utilizando os serviços por até seis meses, até que possam ser reinseridos na sociedade ou, quando possível, no núcleo familiar, garantindo assim a sua dignidade e inclusão social”. Ele destacou que o Albergue visa garantir os direitos, o acolhimento e a humanização ao atendimento às pessoas em situação de rua, oferecendo acolhimento e dando dignidade às pessoas. “Queremos acolher essas pessoas com humanização no atendimento, ofertando alimentação, banho, cama para dormir com tranquilidade e com segurança. Além disso, vamos oferecer amparo psicológico e atendimento social para reinserção da pessoa no convívio familiar e social, buscando meios para resgatarmos a qualidade de vida de todos. É mais uma importante conquista para Pindamonhangaba. Temos avançado muito na área social e o albergue é mais uma iniciativa fundamental para o desenvolvimento social no município”, completou o prefeito.
Espaço Pet - Ao fim do evento, o prefeito levou os deputados a conhecer o espaço PET, que fica no albergue para acolher animais de estimação daqueles moradores que possuem cães principalmente – espaço que também já existia no Centro de Acolhimento a Moradores em Situação de Rua. A iniciativa é uma parceria com o Fundo Social de Solidariedade, por meio do Projeto Reinvente, que produz as casinhas para os animais.
No local ainda haverá fornecimento de ração e atenção aos animais. “Pensamos nisso porque muitos possuem cachorros e precisamos acolher as pessoas e seus animais. Isso já demonstra um pouco do diferencial e do carinho que será este serviço fundamental na cidade”, finalizou Ana Paula.

Ler 83 vezes
Entre para postar comentários
Go to top