Gerdau vai pagar 1 salário a mais por recorde global de produção

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

A fábrica Gerdau irá fazer o pagamento aos trabalhadores de um salário a mais como reconhecimento pelo melhor resultado de produção na história da empresa.

No último relatório financeiro, referente ao terceiro trimestre de 2021, a Gerdau registrou um Ebitda (lucro antes de juros e impostos) de R$ 7 bilhões, recorde nos 120 anos da empresa, e com margem Ebitda ajustada de 32,9%.

O pagamento será global. Em Pindamonhangaba, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, os trabalhadores começaram a receber nessa quarta-feira, dia 10, os comunicados oficializando a medida. Na cidade, apenas esse pagamento deve injetar cerca de R$ 10 milhões na economia.

O pagamento será no dia 17 de dezembro, sobre o salário já corrigido. Nas negociações da Campanha Salarial deste ano, foi possível alcançar a proposta de 10,5% de reajuste, que contém inclusive aumento real de salário.

A medida irá envolver trabalhadores da operação que estiverem ativos no dia do pagamento. Para o presidente do sindicato, André Oliveira, a medida vem de encontro a uma reivindicação que a entidade faz em todas as fábricas.

“Dividir os lucros com os trabalhadores, sempre falamos isso. Reconhecer o esforço do trabalhador, crescer junto. O funcionário Gerdau contribuiu muito com a empresa lá trás, fizemos acordos difíceis, mas deu certo. Hoje, com recordes seguidos de produção, a empresa está reconhecendo. É uma alegria para o sindicato, não só de ver a empresa produzindo cada vez mais, gerando emprego, como também valorizando quem produz. Parabéns”, disse.

A Gerdau é a maior empresa Brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços especiais no mundo. Pinda tem posição estratégica na companhia, como produtora de aços especiais. A unidade tem 2.400 trabalhadores.

Ler 87 vezes
Entre para postar comentários
Go to top