Pindamonhangaba ganha novo setor de transporte da saúde

A Prefeitura de Pindamonhangaba realiza, nesta segunda-feira (27), às 15 horas, a entrega oficial do setor de transporte da Saúde. Trata-se de um local apropriado e que reunirá todos os veículos que realizam o transporte de pacientes do SUS para tratamento em outras cidades, assim como a parte administrativa que organiza os trâmites burocráticos para este atendimento.

A área está localizada no centro da cidade, entre o CEM - Centro de Especialidades Médicas - e o CMEI - Centro Municipal de Educação Infantil - que está sendo construído na rua Major José dos Santos Moreira.

O prédio se fazia necessário para organizar melhor este atendimento e levar mais comodidade aos munícipes que realizam a solicitação. A obra foi realizada com recurso próprio e mão de obra do servidor municipal, somando um investimento de cerca de R$240 mil da Prefeitura.

O serviço de transporte de pacientes já funciona, mas não era centralizado em um só local. Diariamente, são recebidos em média 200 pedidos para transporte, e todos são atendidos pela Prefeitura. Para solicitar o serviço, é necessário ir ao setor de agendamento e apresentar a solicitação médica e documentos, para gerar uma ordem de serviço e a logística de atendimento.

Homenageado

O prédio do transporte da saúde recebeu a denominação de Marcelo dos Santos. Natural de Pindamonhangaba, em 2000 foi aprovado no concurso público da Prefeitura, assumindo em 2002 como motorista especializado. Era muito religioso, fazia parte da Renovação Carismática e, por tal motivo, ficou conhecido como “Padre Marcelo” entre os motoristas colegas de trabalho. Era casado com Eliana Correa dos Santos e pai de Mariana, Ana Maria e Júlia. Faleceu em 5 de agosto de 2015.

Marcelo foi um grande pai, exemplo a ser seguido, honesto, íntegro e cumpridor de seus deveres.

O nome do homenageado foi escolhido em uma enquete realizada entre os profissionais da área de transporte, demonstrando como Marcelo era querido e respeitado pelos colegas de trabalho.