Últimas notícias

Ciclismo do UniFUNVIC ajuda na entrega de cestas básicas

Uma equipe de ciclismo do Centro Universitário FUNVIC participou da entrega de cestas básicas, em Pindamonhangaba.

O UniFUNVIC oferece suporte e estrutura para partes que são levadas até o local de entrega, na região central da cidade.

O veículo oficial da equipe também foi usado.

Atletas e dirigentes se mobilizam nesta ação voluntária.

 

Caçapava amplia quarentena até o dia 1º de junho

A prefeitura de Caçapava anunciou nesta segunda-feira que ampliou o decreto da quarentena na cidade até o dia 1º de junho, seguindo recomendação do governo do Estado, que na semana passada já havia anunciado que o isolamento iria até 31 de maio, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Atualmente, a cidade tem 15 casos confirmados da doença, mas nenhuma morte registrada. "O novo decreto seguiu as mesmas determinações do anterior, porém com pequenas alterações em dois incisos", diz a prefeitura.

Nesta última segunda, a Secretaria de Defesa e Mobilidade Urbana, através da equipe da Defesa Civil,  realizou mais uma desinfecção na região central da cidade.

Segundo a prefeitura, todos os calçadões do centro receberam solução de hipoclorito, fornecido pela Sabesp.

 Entre outros pontos de higienização estão a Praça da Bandeira, entorno do Mercado Municipal, fachada do Pronto Socorro Municipal, fachada do Cemitério Municipal e fachada da Secretaria de Cidadania e Assistência Social.

A ação está sendo feita periodicamente em toda a cidade e onde existe um número maior de tráfego de pessoas.

 O objetivo é proteger a população e evitar a proliferação do coronavírus.

Caixa aguarda data para pagar segunda parcela dos 600 reais

A Caixa Econômica Federal está preparada para começar o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00, mas depende da definição do novo calendário de pagamentos pelo governo federal.

Previsto inicialmente para começar em 27 de abril, o pagamento da segunda parcela foi adiado para maio porque o número de inscritos para o benefício foi maior que o previsto, o que levou o governo a pedir um crédito suplementar no Orçamento.

O Ministério da Cidadania informou que o novo calendário pode ser divulgado nesta terça-feira.

A Caixa anunciou que mais de 94% dos beneficiários do auxílio emergencial movimentaram os recursos da primeira parcela. 

A agência orienta os beneficiários a gerar o código de saque e retirar o auxílio em caixas eletrônicos para evitar filas e aglomerações.

Região tem baixo índice de isolamento social

As maiores cidades do Vale do Paraíba tiveram as piores taxas de isolamento social para sexta, sábado e domingo, desde o início da quarentena, em 23 de março.

Isso coloca em risco o plano de enfrentamento ao coronavírus, por não atingir a cota mínima de 55% apontada pelo governo estadual como necessária para conter a disseminação do vírus e não sobrecarregar o sistema público de saúde.

São José dos Campos registrou 46% na sexta, 51% no sábado e 55% no domingo, os mais baixos índices de isolamento da cidade para esses dias desde que a taxa começou a ser medida.

O mesmo aconteceu com Taubaté, que teve 45%, 50% e 53% entre sexta e domingo, também os piores resultados da cidade.

Jacareí teve um desempenho um pouco melhor do que São José e Taubaté, e registrou 48% na sexta, 53% no sábado e 57% no domingo. 

No geral, 48 cidades paulistas ficaram abaixo do índice mínimo de 55% de isolamento no domingo.

Pelo menos, seis cidades da região ficaram no ‘Top 20’: São Sebastião (68%), Ubatuba (67%), Lorena (64%), Caraguatatuba (61%), Cruzeiro (61%) e Pindamonhangaba (60%). Caçapava ficou fora das 20 primeiras, mas teve 59% de isolamento social.

Saiba como Taubaté fiscaliza uso de máscara

A Prefeitura de Taubaté iniciou a fiscalização do uso obrigatório de máscaras no município.

A fiscalização acontece em respeito aos decretos nº 64.959, de 4 de maio, e o nº 64.956, de 29 de abril, emitidos pelo governo do Estado de São Paulo. O uso obrigatório das máscaras faciais é uma ação importante na prevenção ao coronavírus, pois evita o contágio pelos meios de transmissão, como gotículas de saliva e as projeções da tosse e espirro de outras pessoas.

Em Taubaté as operações vão ocorrer conforme as atribuições da Vigilância Sanitária e setor de Posturas, com apoio da Guarda Civil Municipal.

As pessoas que estiverem andando pelas ruas serão num primeiro momento orientadas num trabalho de conscientização da importância do uso das máscaras. Vale lembrar que o Decreto Estadual não obriga o uso no interior de veículo particular nem na condução de motocicletas, exceto se estes estiverem fazendo transporte via aplicativo ou taxi.

Aplicação de multas:

As multas podem ser aplicadas de acordo com a gravidade dos fatos encontrados pelo fiscal nos estabelecimentos.

Nos termos da lei as infrações podem ser leves, graves ou gravíssimas. O critério dependerá do tipo de estabelecimento, número de pessoas sem máscara e reincidência por parte do local.

As infrações leves podem ser multadas de 2 a 20 UFMT; as infrações graves de 20 a 50 UFMT; e as infrações gravíssimas de 50 a 150 UFMT. O valor da UFMT é de R$ 187,18.

O embasamento usado para a definição das sanções foi o Código de Ordenação Espacial de Taubaté (Lei Complementar 07 de 1991), que traz um capítulo específico a respeito das infrações sanitárias, que seriam aquelas em que o indivíduo ou estabelecimento deixa de cumprir norma expedida tanto pela União, Estado ou Município.

Trechos da Av. Dom Pedro e região central são interditados para obras

A Prefeitura de Taubaté iniciou na manhã desta sexta-feira dia 8 a interdição do trecho da avenida Dom Pedro I, no cruzamento da avenida Professor Escolástica Maria de Jesus até a travessa do Belém (acesso ao cemitério), para obras viárias.

Segundo a administração municipal, as obras integram o programa Acelera Taubaté e o prazo para execução é de 15 dias.

Durante este período, os veículos poderão seguir normalmente centro, pelo túnel Ayrton Senna para acessar a avenida Prof. Walter Thaumaturgo e a avenida Professora Escolástica Maria de Jesus, sentido bairro ou Ubatuba.

Na segunda-feiradia 11, a partir das 7h, a interdição será no cruzamento da rua Chiquinha de Mattos com a rua Souza Alves para requalificação de guias e sarjetas. O serviço deve ser executado em três dias, de acordo com a Prefeitura.

As vias deverão estar sinalizadas, contando com o apoio de agentes de trânsito para orientação.

Acordo mantém operação do transporte público de Taubaté

Uma assembleia organizada pelo Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, reuniu os trabalhadores da ABC Transportes de Taubaté na madrugada desta sexta-feira dia 8.

 O encontro foi o atraso no pagamento dos salários e da PLR (participação nos Lucros e Resultados) dos motoristas e cobradores da empresa, responsável pelo transporte coletivo no município.

A categoria apresentou uma proposta aos funcionários da empresa, que foi aprovada.

 A assembleia foi encerrada por volta das 8h, com os 27 ônibus que estão fazendo o transporte voltando a circular.

De acordo com o Sindicato, a empresa, que havia alegado não ter condições de pagar o que deve aos trabalhadores por conta da pandemia de coronavírus, se comprometeu a quitar o salário de abril no próximo dia 12 de maio.

 Já a PLR, no valor de R$ 873,82, que deveria ter sido paga no dia 30 de abril, será repassada aos trabalhadores em 3 parcelas, nos dias 30 de maio, 30 de junho e 30 de julho.

Por fim, a categoria destacou ter revertido três demissões por justa causa durante as negociações com a empresa nesta sexta-feira.

Taubaté vai distribuir cestas básicas a famílias prejudicadas pela pandemia

A Prefeitura de Taubaté vai iniciar na próxima segunda-feira dia 11 o cadastro de pessoas interessadas em receber cestas básicas do município durante a pandemia do novo coronavírus.

O benefício será voltado a famílias de baixa renda que tenham sofrido impactos nesse período. Para ter acesso é preciso: ser maior de 18 anos; não ter emprego formal ou ter sofrido redução salarial em decorrência da pandemia; comprovar renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (descontado o valor do custeio com aluguel, se houver).

A cesta básica emergencial será distribuída por, pelo menos, três meses. O benefício não será fornecido às 3.100 famílias já atendidas pelo Programa Municipal de Repasse de Cesta Básica.

O cadastro será feito pelo site da prefeitura. O link ainda não está disponível. Os contemplados receberão as cestas básicas em casa.

“Serão priorizadas as famílias que se encontraram impossibilitadas de desenvolverem as suas atividades econômicas, e consequentemente estão sem renda para garantir sua subsistência”, explicou a Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social.

Após ameaça de greve nos ônibus de Taubaté, prefeitura propõe acordo

Após o Sindicato dos Condutores protocolar um comunicado de greve, a Prefeitura de Taubaté apresentou uma proposta de acordo para tentar evitar a paralisação do transporte público no município a partir de sexta-feira dia 8

A ameaça de greve surgiu após a concessionária ABC Transportes não depositar a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) no dia 30 de abril e informar que não tem dinheiro para pagar o salário dos funcionários nessa quinta-feira dia 7.

Pelo acordo, a prefeitura adiantará o subsídio do ano todo à ABC – o valor não foi informado, mas corresponde a R$ 0,50 de cada passageiro transportado (a passagem custa R$ 4,80, mas o passageiro paga R$ 4,30 e o município cobre a diferença).

“Esta decisão visa o bem-estar da população que, mesmo nesse período de isolamento social, ainda utiliza o transporte público para trabalhar em frentes importantes, como saúde e serviços essenciais, além dos estudantes, que tiveram a gratuidade retomada para buscar o kit alimentação nas escolas”, informou a prefeitura.

O município também pediu que seja mantido ao menos 30% do serviço e que o Transporte Complementar de Taubaté volte a operar.

“A Secretaria de Mobilidade Urbana orienta que, no caso de uma eventual paralisação, os munícipes busquem outras formas de transporte quer seja por meio de aplicativos, mototáxi e táxi, entre outros”, orientou o governo Ortiz Junior .

A ABC alegou que, devido ao período de isolamento social, o volume de passageiros teve queda de 88%.

A situação, segundo a empresa, “compromete fortemente o equilíbrio econômico-financeiro do sistema”.

Estado faz campanha Maio Amarelo on-line para redução dos índices de acidente

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a campanha Maio Amarelo, que visa diminuir os índices de acidentes no trânsito, será desenvolvida on-line neste ano.

 No Estado, a ação traz o tema "Não feche os olhos para a sua segurança", com produção do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) e da Secretaria de Logística e Transportes.

“A campanha busca a conscientização da população para a diminuição dos acidentes no trânsito, principalmente neste momento em que a preocupação maior é preservar os leitos dos hospitais para os milhares de pacientes infectados com o novo coronavírus”, destaca João Octaviano Machado Neto, secretário estadual.

Serão publicados uma série de posts educativos e um filtro exclusivo para usuários do Instagram.

Além das peças nas redes sociais, mensagens relativas ao tema serão divulgadas nos painéis eletrônicos das rodovias, chamando a atenção da população para o Maio Amarelo.

Go to top
JSN Time 2 is designed by JoomlaShine.com | powered by JSN Sun Framework