Geovanna Castro

Geovanna Castro

Equipe Técnica

A Prefeitura de Taubaté informa que não haverá expediente nas próximas quinta e sexta-feira, dias 15 e 16 de novembro.

As coletas de lixo domiciliar e seletiva ocorrerão normalmente conforme os calendários disponíveis em www.taubate.sp.gov.br/coletadelixodomiciliar e www.taubate.sp.gov.br/coletaseletiva.

Já os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) fecham na quinta-feira e abrem normalmente na sexta-feira e no sábado.

O Mercado Municipal de Taubaté funciona das 6h às 13h no feriado. Na sexta, sábado e no domingo o funcionamento é normal.

O Terminal Rodoviário de Taubaté deverá receber cerca de 4.000 pessoas por dia até domingo, dia 18. Este número que é considerado o dobro do movimento em um dia normal.

Os destinos mais procurados são: Ubatuba, Aparecida, São Paulo, Santos, Sul de Minas Gerais (São Lourenço, Caxambu e Itanhandu), Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, São José do Rio Preto, Resende, Barra Mansa, Volta Redonda.

As empresas de ônibus devem trabalhar com carros extras somente em caso de necessidade.

Os serviços essenciais à população não serão interrompidos durante o feriado:

* UPA Central;
* Pronto-Socorro Infantil;
* Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) San Marino;
* Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) Santa Helena;
* Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) Cecap;
* Serviço de Verificação de Óbito;
* Guarda Municipal;
* Serviço de Cemitério;
* Serviço Funerário Municipal;
* Serviço de Limpeza Urbana;
* Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) das 8h às 20h (de domingo a domingo);
* Abrigo Institucional para População em Situação de Rua (24h);
* Abrigo Temporário – Casa Transitória (24h).

 

O expediente nos postos Poupatempo da Capital estará suspenso de 15 de novembro, quinta-feira, Feriado Nacional da Proclamação da República, até o dia 20, Dia da Consciência Negra, seguindo o decreto Nº 63.769, do governador Márcio França, de 29 de outubro de 2018.

Nos municípios que não instituíram o Dia da Consciência Negra ou que decretaram ponto facultativo, os postos fecham de quinta-feira a domingo e reabrem segunda-feira, 19. O Município de São Bernardo do Campo antecipou o feriado para sexta, 16, e o Poupatempo reabre segunda, 19. São José do Rio Preto cancelou o decreto do feriado da Consciência Negra e o posto local também segunda-feira, 19.

Os servidores deverão compensar as horas não trabalhadas.

Confira o esquema do feriado nos municípios:

Fecham de quinta, 15, a terça, 20: Além dos postos da Capital (Cidade Ademar, Itaquera, Lapa, Santo Amaro, Sé e Poupatempo Móvel), Andradina, Araçatuba, Araraquara, Araras, Barretos, Bragança Paulista, Caieiras, Campinas (Centro e Shopping), Caraguatatuba, Carapicuíba, Diadema, Franca, Guarujá, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Itu, Jahu, Jundiaí, Limeira, Mauá, Mogi Guaçu, Piracicaba, Rio Claro, Santo André, Santos, São João da Boa Vista, São Vicente, Sorocaba e Suzano.

Municípios que anteciparam o feriado: São Bernardo do Campo antecipou para o dia 16, e o Poupatempo reabre a partir de segunda, dia 19. São Vicente antecipou para o dia 19, e o Poupatempo reabre dia 20.

Municípios que decretaram ponto facultativo: Em Bauru, Cotia e Praia Grande o Poupatempo os postos fecham de quinta-feira, 15, a domingo, dia 18, e reabrem na segunda, dia 19.

Municípios que não instituíram do Feriado do Dia da Consciência Negra: Fecham de quinta-dia 15, a domingo, dia 18, e reabrem a partir de segunda-feira os postos Poupatempo de Americana, Assis, Avaré, Bebedouro, Birigui, Botucatu, Catanduva, Dracena, Fernandópolis, Guaratinguetá, Indaiatuba, Itapetininga, Itapeva, Jacareí, Lins, Marília, Mogi das Cruzes,

Osasco, Ourinhos, Penápolis, Pindamonhangaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sertãozinho, Taboão da Serra, Tatuí, Taubaté, Tupã e Votuporanga.

Informações sobre serviços, endereços e horários dos postos estão disponíveis no site www.poupatempo.sp.gov.br ou no aplicativo 'SP Serviços' (para telefones celulares e tablets).

 

A equipe masculina de Ginástica Artística de Pindamonhangaba participou da 4ª etapa do Troféu Destaque da modalidade, realizada em Indaiatuba (SP).

A equipe dirigida pelo técnico Marcelo Ronconi conquistou ótimos resultados. Alowany Tsubota foi o 1º nas argolas, 1º individual geral na mesa, 2º no salto sobre a mesa, 2º nas paralelas e 2º na barra-fixa; Rodrigo Bordão ficou com o 2º lugar no solo e ainda com o terceiro nas argolas, enquanto que Wesley de Castro ficou com o bronze na barra fixa.

Por equipes, os os ginastas Alowany, Rodrigo, Wesley, Alexandre e o técnico Marcelo Ronconi, ficaram com a medalha de prata.

No encerramento da competição, houve a premiação dos melhores ginastas e da melhor equipe da temporada 2019 da Liga Estadual da modalidade. Alowany, Rodrigo e Wesley foram destaques, enquanto que Pindamonhangaba sagrou-se bicampeã por equipes.

O 40º Feste – Festival Nacional de Teatro – está na flor da idade. Do alto de seus 40 anos, o festival mais tradicional da região só melhora e traz, para 2018, 21 espetáculos gratuitos, voltados para os mais variados públicos, em apresentações do Teatro Galpão, Parque da Cidade, Bosque da Princesa, Praça Monsenhor Marcondes e Palacete Tiradentes. De 14 a 25 de novembro, Pindamonhangaba vai respirar teatro e inspirar plateias e artistas de todas as áreas.

Nascido em 1974 com o nome de Feste, o evento passou para a organização da Prefeitura em 1980, tendo como coordenador o Departamento de Cultura, que até hoje realiza este papel. Em 1982, 1986, 1999, 2010 e 2016 não foram realizadas edições do festival, por falta de recursos.

Neste ano de 2018, o 40º FESTE recebeu 174 inscrições de grupos teatrais de vários estados brasileiros, que foram selecionados pela seguinte Comissão de Seleção: Ana Roxo, Claudio Mendel e Victor Narezi, e contará com 6 espetáculos nas categorias Adulto, 4 na categoria Infantil, 4 na categoria Rua e 7 espetáculos convidados. Após as apresentações, haverá debate com os representantes das peças. As categorias Adulto e Infantil acontecerão no Espaço Cultural – Teatro Galpão e da categoria Rua no Bosque da Princesa e no Parque da Cidade.

Compondo o quadro de profissionais artístico, este ano o Festival contará com a competência dos Críticos: Dib Carneiro (Infantil), Rodrigo Morais (Rua) e Simone Carleto (Adulto).

“É com muita satisfação que apresentamos este ano o 40º FESTE, um Festival longevo que se solidificou na cena nacional. Neste ano faremos uma justa homenagem à Diógenes Chiaradia Feliciano, por ter iniciado juntamente com outras pessoas este evento que já é tradicional no município. Todas as apresentações serão em horários que não se chocam, para que todos possam aproveitar. Vida longa ao FESTE”, declarou o diretor de Cultura, Alcemir Palma.

De 15 a 18 de novembro acontece a 2ª Edição do Festival de Comidas Típicas Brasileira do Vale do Paraíba. O evento, que é aberto ao público, acontece no Espaço Ozanam ( onde acontece o tradicional Arraia do Frederico), a partir das 10h.

Os organizadores esperam mais de 80 mil pessoas nos quatro dias de evento. São mais de 160 profissionais,  sendo 35 de gastronomia que oferecem pratos típicos de várias regiões do Brasil, além de  130 artesãos,  uma mistura de cultura, artesanato e gastronomia reunidos em um só lugar, inclusive com espaço para recreação. Um bom programa para toda a família.

A Novelis Inc., líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, anunciou hoje um investimento de R$ 650 milhões na fábrica de Pindamonhangaba, interior de São Paulo. A expansão da principal unidade da Novelis na América do Sul beneficiará os setores de latas de bebidas e especialidades, com o aumento da capacidade de produção de chapas em 100 mil toneladas/ano e da capacidade de reciclagem em 60 mil toneladas/ano. A expansão elevará a capacidade total da fábrica de Pinda para cerca de 680 mil toneladas/ano e a de reciclagem para 450 mil toneladas/ano.

O projeto contará também com a construção de um sistema de captação de água e com a aquisição de uma área de aproximadamente de 380 mil m2 para futuras expansões.

"O investimento para aumentar a capacidade de produção e de reciclagem reforça nosso compromisso com a América do Sul e com os clientes da região", afirma Steve Fischer, CEO Global da Novelis Inc. "Nosso foco em estabelecer uma fonte adicional de água nos ajuda a entregar nosso propósito de, juntos, criarmos um mundo sustentável".

A empresa iniciará oficialmente as obras em fevereiro de 2019 com expectativa de conclusão em 2021. O escopo do projeto inclui aumento de capacidade de produção de placas, laminação a quente e reciclagem, além de melhorias complementares. O projeto deve gerar mais de 50 novos empregos.

"A sustentabilidade é a espinha dorsal do nosso modelo de negócio e o projeto de expansão está totalmente alinhado à essa visão", afirma Tadeu Nardocci, presidente da Novelis América do Sul. "A fábrica de Pindamonhangaba já é o maior centro de reciclagem e laminação de alumínio da América do Sul. Com a expansão, a Novelis reforça seu compromisso com o setor, consolida sua posição de liderança no país e cria oportunidades de desenvolver soluções inovadoras em parceria com os clientes", ressalta o executivo.

O projeto conta com o apoio técnico da Investe SP, a Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade.

 

Nesta sexta-feira, dia 16, cada um dos cerca de 1.200 trabalhadores da Novelis irá receber um abono salarial de R$ 1.000,00. A medida foi aprovada em assembleia na última sexta-feira e irá injetar R$ 1,2 milhão na economia de Pindamonhangaba.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, o reajuste de salário também está definido. Toda a categoria metalúrgica, que é a maior da cidade, terá reajuste 5%, que inclui aumento real de salário, e a renovação a Convenção Coletiva de Trabalho, que tem direitos trabalhistas específicos, com maior remuneração e mais garantias do que a CLT.

Para o presidente do sindicato, Herivelto Vela, a proposta é resultado de uma série de fatores. "Cada empresa tem a sua realidade. A Novelis está com produção alta, tem se mantido em alta, inclusive precisando contratar mais, tem um histórico de mobilizações fortes dos trabalhadores, em outubro foram duas, e a grande maioria dos funcionários são sindicalizados. Todos esses fatores e o esforço de negociação do sindicato pesam na hora da reunião com a empresa", disse.

A Novelis é a principal fabricante de chapas de alumínio e a maior recicladora mundial de alumínio. 

São José dos Campos passa a contar, a partir desta sexta-feira (9), com um Museu Interativo de Ciências, construído no complexo do Teatrão, na Vila Industrial, região leste. O espaço, que se chama ‘Casa do Saber Marechal Aviador Casimiro Montenegro Filho’ é uma iniciativa pioneira no Vale do Paraíba. O investimento inovador vai auxiliar na formação dos alunos não só de São José como de toda a região.

A abertura do museu contou com a presença de educadores, pesquisadores, colaboradores, autoridades políticas e alunos da rede de ensino municipal. A atração musical ficou por conta da Banda Banmoa, da Emef Profº Moacyr Benedicto de Souza, no Campo dos Alemães, região sul.

Com instalações modernas, o museu segue o formato do Projeto Catavento, de São Paulo. No local, haverá atividades e exposições sobre ciência e cultura, órbita com força central, tamanho relativo dos planetas, sol, canhão de fumaça, bolha cilíndrica, bolhas esculturais, trem da inércia, super looping, força centrífuga, basquete giratório, harpa de tubos, máquina eletrostática de Wimshurst, bancadas de lupas e insetos são algumas das mais de 50 atrações disponíveis para os visitantes.

O espaço contará com exposições permanentes com temas relacionados à física, eletricidade, biologia, fluídos e astronomia. No jardim externo também foram instalados equipamentos que remetem ao tema ciência.

Considerado mais um ponto turístico da cidade, o Museu Interativo de Ciências tem como principal objetivo contribuir com a formação dos alunos.

Serviço:
Museu Interativo de Ciências ‘Casa do Saber Marechal Aviador Casimiro Montenegro Filho’
Endereço: Rua Profº Felício Savastano, s/n – Vila Industrial
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h30
Sábado, das 9h às 13h (entrada, aos sábados, 1 kg de alimento não perecível que será doado ao Fundo Social de Solidariedade)

A CCR NovaDutra realiza, a partir da quarta-feira (14), operação especial de orientação e atendimento aos usuários que trafegarem pela rodovia Presidente Dutra durante o feriado da Proclamação da República. A operação contará com equipes extras do SOS Usuário em pontos estratégicos da rodovia; papa-filas nos pedágios; dicas de segurança, entrevistas ao vivo e informações sobre as condições de tráfego na programação da CCRFM 107,5; além da distribuição de 50 mil folhetos nas praças de pedágios, alertando sobre o uso correto do acostamento.

Expectativa de Tráfego
A expectativa da Concessionária é que, no trecho paulista da rodovia, o tráfego fique intenso entre 16h e 20h da quarta-feira (14/11) e entre 7h e 10h de quinta-feira (15). No retorno, o tráfego deve ser maior no domingo (18/11), das 16h às 20h.

No trecho fluminense, a previsão é de tráfego intenso entre 16h e 20h de quarta-feira (14/11) e entre 7h e 10h de quinta-feira (15/11). No retorno, o tráfego deve ser maior no domingo (18/11), das 16h às 20h.

Trecho paulista
Devem deixar São Paulo pela via Dutra cerca de 303 mil veículos, entre a zero hora da quarta (14/11) e a meia-noite de quinta-feira (15/11).

Saída de São Paulo (horários de pico):
Quarta-feira (14/11) – das 16h às 20h – previsão de 9,5 mil veículos por hora.
Quinta-feira (15/11) – das 7h às 10h – previsão de 8 mil veículos por hora.

Volta para São Paulo (horários de pico):
Domingo (18/11) – das 16h às 20h – previsão de 9 mil veículos por hora.

Trecho fluminense
Devem deixar o Rio de Janeiro pela via Dutra em torno de 211 mil veículos, entre a zero hora de quarta (14/11) e a meia-noite de quinta-feira (15/11).

Saída do Rio de Janeiro (horários de pico):
Quarta-feira (14/11) – das 16h às 20h – previsão de 6,5 mil veículos por hora.
Quinta-feira (15/11) – das 7h às 10h – previsão de 6 mil veículos por hora.
Volta para o Rio de Janeiro (horários de pico):
Domingo (18/11) – das 16h às 20h – previsão de 7 mil veículos por hora.

Programe seu retorno
A CCR NovaDutra alerta os motoristas que, para maior conforto, no domingo (18/11), a expectativa é que o aumento do tráfego seja entre 16h e 20h, na rodovia.

Operação especial de atendimento do SOS Usuário
Para auxiliar os usuários durante a viagem, a via Dutra será inspecionada por mais de cem viaturas e 500 profissionais. Entre eles, médicos, agentes de atendimento pré-hospitalar e equipes de emergência, que estarão 24 horas à disposição dos usuários, em regime de revezamento, distribuídos em 11 bases operacionais ao longo da via Dutra.

Durante o feriado da Proclamação da República, a CCR NovaDutra disponibilizará equipes extras do SOS Usuário em pontos estratégicos da rodovia, a fim de agilizar o atendimento nos dias com previsão de maior volume de tráfego, ou seja, na saída e no retorno do feriado. Haverá, ainda, reforço operacional nas praças de pedágio e realização de operação papa-filas, quando necessário, que consiste na venda de cupons nas filas das cabines.

Atenção para os trechos em obras
A Concessionária informa os trechos com obras 24 horas e restrição de tráfego. Nestes locais, o motorista deve reduzir a velocidade e respeitar a sinalização.

Trecho paulista
Km 213,3 – Guarulhos – obras de implantação do novo trevo Jacu Pêssego (fase II). Desvio de tráfego da pista expressa sentido Rio de Janeiro a partir do km 214,6 para a pista expressa sentido São Paulo retornando ao trajeto normal, no km 212,7. Implantação de pista reversível nos horários de maior movimento.

Km 145 – São José dos Campos – apoio à Prefeitura às obras da Via Cambuí. Faixa da esquerda da pista expressa sentido São Paulo interditada. Tráfego flui por duas faixas.

Km 52,7 – Lorena – obras de modernização de viaduto, sentido Rio de Janeiro. Faixas da esquerda e da direita liberadas. Apenas acostamento interditado para obras.

KM 10, 8 – Queluz – obras de modernização da ponte sobre Rio Entupido. Faixa da esquerda interditada. Neste período, o trânsito no local das obras vai fluir pela faixa da direita.

PRINCIPAIS ACESSOS DA RODOVIA

Acessos ao Litoral Norte Paulista
§ Via Tamoios – O acesso à Rodovia dos Tamoios é feito pelo km 152 da pista sentido Rio de Janeiro, em São José dos Campos.

§ Via Oswaldo Cruz – Com o objetivo de orientar os motoristas sobre um acesso alternativo à Rodovia Oswaldo Cruz, que liga a Dutra a Ubatuba (SP), a CCR NovaDutra informará os motoristas sobre a possibilidade de utilizar a saída do km 112,5 da via Dutra. O acesso, na pista sentido Rio de Janeiro, também faz ligação à Rodovia Oswaldo Cruz, além da saída do km 111. Faixas foram afixadas na via Dutra. A ação conta com o apoio da Prefeitura de Taubaté.

Acesso a Campos do Jordão (SP)
§ Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro – O acesso pela saída do km 117 da pista sentido São Paulo.

Acesso ao Distrito de Penedo e Visconde de Mauá (RJ)
§ Via RJ-163 – O acesso à Rodovia Doutor Rubens Tramujas Mader é feito pela saída 311, em Itatiaia.

Prestação de serviço para o Usuário – Disque CCR NovaDutra, CCRFM 107,5 e site
Os usuários da via Dutra contam com o Disque CCR NovaDutra 0800-0173536, telefone que oferece gratuitamente informações sobre as condições da estrada 24 horas por dia, e que também pode ser utilizado para solicitação de socorro médico ou mecânico. Há, ainda, 804 telefones de emergência ao longo de toda a rodovia a cada quilômetro, nos dois sentidos. Informações sobre condições da estrada podem também ser obtidas por meio da CCRFM 107,5, a cada três minutos, e do site da Concessionária na internet (www.grupoccr.com.br/novadutra).

Controle de velocidade
Com o objetivo de complementar a fiscalização de velocidade realizada pela Polícia Rodoviária Federal com radares móveis, estão implantados 58 pontos de controle com radares fixos na rodovia, que apoiam a ação policial (veja relação dos locais no site www.grupoccr.com.br/novadutra.

Localização das bases do SOS Usuário da CCR NovaDutra
Trecho paulista:
Vila Maria, km 230, sentido SP;
Arujá, km 202, sentido RJ;
S. J. Campos, km 156, sentido SP;
Pindamonhangaba, km 99, sentido SP;
Lorena, km 52, sentido RJ;
Lavrinhas, km 18, sentido RJ.

Trecho fluminense:
Penedo, km 311, sentido SP;
Volta Redonda, km 258, sentido SP;
Caiçara, km 227, sentido RJ;
Japeri, km 206, sentido SP;
Pavuna, km 166, sentido SP.

A CCR NovaDutra solicita aos motoristas que utilizem suas moedas no pagamento das tarifas de pedágio, a fim de facilitar o troco e colaborar com a fluidez do tráfego.

Valores
Km 204 – Arujá – bidirecional – R$ 3,70
Km 182 – Guararema Norte – unidirecional SP/RJ – R$ 3,70
Km 180 – Guararema Sul – unidirecional RJ/SP – R$ 3,70
Km 165 – Jacareí – bidirecional – R$ 6,70
Km 87 – Moreira César (Pindamonhangaba) – bidirecional – R$ 15,20

Trecho fluminense
Km 318 – Itatiaia – bidirecional – R$ 15,20
Km 207 – Viúva Graça (Seropédica) – bidirecional – R$ 15,20

A Rodovia Tamoios, caminho para quem se desloca para o Litoral Norte, terá um posto de vacinação contra febre amarela nos próximos dias 14 e 15 de novembro, com o objetivo de alcançar moradores da região e viajantes ainda não imunizados. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado de Lógica e Transportes, da Concessionária Tamoios e dos municípios da região do Vale do Paraíba.

As doses serão aplicadas por profissionais do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de São José dos Campos e dos municípios da região no posto volante, que será instalado no Serviço de Atendimento ao Usuário sentido Caraguatatuba, no KM 19 da rodovia, no dia 14 de novembro, das 13h às 18h, e no dia 15 (Feriado de Proclamação da República), das 8h às 17h.

No trajeto, materiais informativos e painéis luminosos da rodovia indicarão o serviço, com a frase: “Área de risco de febre amarela. Vacine-se no SAU KM 19). Os veículos poderão estacionar no espaço do SAU.

“A vacina deve ser tomada com dez dias de antecedência para garantir proteção efetiva. Portanto, aos que tomarem nessa ação de pré-feriado, recomendamos que evitem adentrar áreas verdes e usem repelentes e roupas compridas e de cor clara para reforçar a prevenção”, explica a diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), Regiane de Paula.

Devem consultar o médico sobre a necessidade da vacina os portadores de HIV positivo, pacientes com tratamento quimioterápico concluído e transplantados. Não há indicação de imunização para grávidas, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticóides em doses elevadas (como por exemplo Lúpus e Artrite Reumatoide). Em caso de dúvida, é fundamental consultar o médico.

A orientação também vale para os moradores da região. Os municípios vêm intensificando as ações de imunização no decorrer do ano, para aumentar a cobertura vacinal. No Litoral Norte, a cobertura vacinal é superior a 85%. Ainda assim, moradores de outras localidades do Estado precisam estar vacinados antes de se deslocarem para essas áreas. Todo o território paulista já tem recomendação da vacina, devido a circulação do vírus, e as doses são disponibilizadas nos postos de vacinação.

“A imunização é a principal forma de prevenção contra a doença. O período atual é pré-sazonal, e a sazonalidade da doença vai de dezembro a maio. Por isso, é importante que as pessoas ainda não vacinadas procurem os serviços de saúde”, complementa a diretora do CVE.

Devem consultar o médico sobre a necessidade da vacina os portadores de HIV positivo, pacientes com tratamento quimioterápico concluído e transplantados. Não há indicação de imunização para grávidas, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticóides em doses elevadas (como por exemplo Lúpus e Artrite Reumatoide). Em caso de dúvida, é fundamental consultar o médico.

Balanços

Em 2018, mais de 8 milhões de pessoas já foram vacinadas contra febre amarela em todo o Estado. O número ultrapassa a marca da vacinação no decorrer de 2017, quando 7,4 milhões de doses foram aplicadas, e é também superior à vacinação na década anterior – 7 milhões de pessoas foram imunizadas entre 2006 e 2016.

No dia 5 de novembro, o Instituto Adolfo Lutz confirmou um óbito por febre amarela na região do Vale do Paraíba. A vítima é um homem de 26 anos, morador de Cunha, que havia se recusado a tomar a vacina e se infectou numa área rural onde trabalhava, em Caraguatatuba.

Conforme balanço epidemiológico deste ano, até 23 de outubro, houve 502 casos autóctones de febre amarela silvestre confirmados no Estado e 175 deles evoluíram para óbitos. Do total, 30,2% das infecções por febre amarela foram contraídas em Mairiporã e 9,5% em Atibaia. Essas duas cidades respondem por 39,7% dos casos de febre amarela silvestre no Estado, e já têm ações de vacinação em curso desde 2017. Entre o total de casos, 14 ocorreram no Litoral Norte, dos quais 5 evoluíram para óbito – São Sebastião (3 casos com 2 óbitos) e Ubatuba (11 casos com 3 óbitos). Na Baixada, foram 4 casos e 3 óbitos – Guarujá (1 caso com 1 óbito), Itanhaém (1 caso com 1 óbito) e Peruíbe (3 casos com 1 óbito).

Com relação às epizootias, neste ano, 257 macacos tiveram confirmação da doença. A região com maior concentração é a Grande São Paulo, com cerca de metade dos casos. Desse total, 2 casos envolvendo macacos ocorreram na Baixada Santista, e 33 casos ocorreram na região do Vale do Paraíba e Litoral Norte.

Go to top