Taubaté mostra arrecadação 10% menor que esperado

Taubaté mostra arrecadação 10% menor que esperado

A Prefeitura de Taubaté arrecadou 91,5% da receita prevista para 2019, de R$ 1,195 bilhão, como demonstrou a secretária de Finanças e Orçamento, Odila Sanches, em audiência para prestação de contas do terceiro quadrimestre realizada na Câmara de Taubaté quarta-feira, 19. No ano passado, foi atingida arrecadação de R$ 1,094 bilhão.

Conduzida pelo vereador Douglas Carbonne (PCdoB), presidente da Comissão Especial de Fiscalização Financeira e Orçamentária, a audiência é a segunda de uma série de quatro encontros na Câmara para fechamento financeiro de 2019.

Ao demonstrar que a receita não atingiu os 100% estimados, Odila Sanches mostrou que, para manter o equilíbrio fiscal, a Prefeitura realizou 87,5% das despesas. “Foi um ano muito difícil, é uma realidade nacional econômica. Para Taubaté, sobretudo, foi difícil. Não realizamos o total da receita devido à falta de capacidade financeira dos munícipes, médias e grandes empresas de pagar tributos.”

Diante do exposto sobre o equilíbrio fiscal, Carbonne chamou atenção sobre as abordagens a respeito do orçamento feitas por agentes políticos, cobrando responsabilidade de informação à população.

A apresentação dos números da Secretaria de Educação mostrou o cumprimento de R$ 344,4 milhões de despesas, o que representa 92,6% do previsto para o ano; de Esportes e Lazer, R$ 23 milhões, ou seja, 94% do estimado; Inclusão Social, R$ 30 milhões, ou 85,7% do estimado; Planejamento, R$ 8 milhões, ou 82% do previsto para o ano.

Os vereadores Gorete (DEM), João Henrique Dentinho e Rodson Lima Bobi, do PV, e Vivi da Rádio (PSC) participaram da audiência. A prestação 

Ler 205 vezes

Última modificação em Quinta, 20/02/2020

Entre para postar comentários
Go to top
JSN Time 2 is designed by JoomlaShine.com | powered by JSN Sun Framework