Campanha de vacinação antirrábica é suspensa no Estado de São Paulo

Campanha de vacinação antirrábica é suspensa no Estado de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo suspendeu a Campanha de Vacinação Antirrábica 2020 em todos os municípios.

 A informação foi confirmada recentemente pelo Governo, por meio da Coordenadoria de Controle de Controle de Doenças do Instituto Pasteur, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde.

A nota técnica nº 01 foi publicada oficialmente no último dia 10 de agosto.

Com a suspensão, os municípios não receberão as doses da vacina para realização da campanha em massa destes animais.

 A suspensão da vacinação ocorre devido a uma recomendação do Governo Estadual que alega desabastecimento do material devido ao atraso no repasse feito pelo Ministério da Saúde, que atribui à crise sanitária imposta pela pandemia do novo coronavírus.

A justificativa é de que, no momento, com a impossibilidade de repasse mensal de doses da vacina antirrábica, do Ministério da Saúde para o Estado em quantidade suficiente para cobrir a demanda, o Instituto Pasteur manterá o estoque estratégico apenas para o bloqueio de foco de eventuais casos de raiva em cães e gatos.


Diante da notícia, o Abrigo de Animais da Prefeitura de Pindamonhangaba informa que não será possível a liberação para a realização de vacinação em estratégia de rotina, sendo suspensa essa atividade até que haja a regularização de repasse. A recomendação é para que aqueles que tiverem condições levem seus animais para vacinação em consultórios veterinários.

A raiva é um vírus zoonose, ou seja, que pode ser transmitido do animal para o homem. Ainda que seja considerada incomum nos dias de hoje, gera muitas preocupações pois é fatal em quase 100% dos casos. Essa doença contagiosa é transmitida através da saliva de animais contaminados, por isso, sua principal forma de propagação é a mordida.

Ler 95 vezes

Última modificação em Quinta, 27/08/2020

Entre para postar comentários
Go to top