Geovanna Castro

Geovanna Castro

Equipe Técnica

A Prefeitura de São José dos Campos está implementando novos serviços de apoio ao Banco de Profissionais. O serviço funciona no site da Prefeitura, por meio da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento, juntamente com os demais serviços de apoio à geração de trabalho e renda.

O serviço é gratuito e tem como objetivo intermediar a relação entre profissionais disponíveis no mercado e aqueles que queiram contratá-los, seja como empregado ou para serviços temporários.

A partir de agora, o sistema de inserção de currículos no Banco de Profissionais será mais interativo, visando melhor apresentação e objetividade das informações prestadas pelo candidato. As pessoas que desejarem publicar ser currículos no site da Prefeitura para conhecimento das empresas interessadas, poderão também imprimir até três modelos de currículos sugeridos pelas maiores empresas de recursos humanos de São José dos Campos.

O interessado também pode incluir seu “Linkedim” (rede social para quem busca recolocação profissional). Posteriormente, a impressão gratuita dos currículos também será oferecida pelo PAT.

Mais informações:

PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador)

Praça Afonso Pena, 175, Centro

As atividades físicas e esportivas como espaço de melhoria das relações sociais. Foi a partir desta proposta que as 39 unidades do Sesc SP elaboraram as cerca de 1800 atividades da 24ª edição do projeto Sesc Verão. Entre os dias 05 de janeiro e 05 de março a população da capital, Grande São Paulo, interior e litoral terá à disposição uma programação diversificada e inteiramente gratuita.

O objetivo desta edição é promover a inserção da prática físico-esportiva no cotidiano da população, explorando aspectos ligados às relações coletivas presentes nas práticas corporais. Para tanto, o público terá à disposição uma variada seleção de atividades, em que poderá ter contato com importantes nomes do esporte nacional, participar de aulas abertas, assistir a apresentações esportivas, exposições, encontros e torneios, além desfrutar de momentos de lazer e cultura.

O Diretor do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda, afirma que “ao lançar o olhar para as atividades físico-esportivas como meio para a melhoria das relações sociais, o Sesc Verão reforça a ação institucional em promover e valorizar o convívio de todos os públicos, além de destacar a potência do esporte para o estímulo do bem-estar – individual e coletivo – e a melhoria da qualidade de vida, premissas do Sesc”.

Sesc Taubaté

No Sesc Taubaté o tema é Bicicleta e Cidadania, promovendo uma reflexão sobre como é possível utilizar menos o carro e adotar modos alternativos de transporte no dia a dia, unindo a isso a prática de uma atividade física. Ainda, a programação voltada para todas as faixas etárias irá abordar a importância da convivência harmoniosa entre todos os meios de transporte que compõem a rede de mobilidade urbana, em busca do respeito mútuo.

Nos dias 5 e 6, das 9h30 às 12h e depois das 14h às 17h30, ocorre a vivência Bikes Exóticas, com Abajur Eventos. Venha conhecer a história da bicicleta, descobrindo e experimentando modelos bem diferentes de bikes.

Já no dia 13, às 11h, acontece a Apresentação Esportiva Bike Acrobática, com equipe Bike Session (Toledo-PR). Com bicicletas convencionais e adaptadas, o grupo apresenta uma série de acrobacias.

No dia 16, às 19h30, ocorre a oficina Com que Bike Eu Vou? Com Márcio Arouca (Sapão). Conheça diversos modelos de bicicleta e a utilização mais indicada a cada um deles, seja para lazer, prática esportiva ou nos deslocamentos diários.

Dia 18, 19 e 20, das 9h30 às 12h e das 14h às 17h30 acontece o Circuito Bike e Cidadania, com Abajur Eventos. Circuito que simula o trânsito urbano, estimulando de maneira lúdica a convivência harmoniosa entre pedestres, bicicletas e veículos automotores.

Nos dias 19 e 20 ocorre a vivência Pedalei meu suco! Com Bike Ybá. Depois de pedalar, nada melhor do que se refrescar tomando uma bebida bem gelada! A experiência de tomar um suco se transforma em uma vivência divertida, saudável e educadora. Aqui cada pessoa prepara o próprio suco pedalando e fazendo o liquidificador funciona

Dia 23, às 19h30 ocorre a oficina Manutenção básica para bicicletas, com educador de atividades físicas do Sesc Taubaté. E se a corrente sair? E se o pneu furar? Venha aprender a fazer pequenos consertos e garantir que imprevistos não vão atrapalhar seu passeio de bicicleta.

Do dia 25 a 27, das 9h30 às 12h e das 14h às 17h30, acontece a vivência Triciclo e Triciclo Duplo, com New Workout. Conheça e experimente o triciclo, em seu formato único ou duplo: outra alternativa para o uso da bicicleta como meio de transporte.

Nesses mesmos dias, das 10h às 18h, ocorre a Bicicleta Aquática, com New Workout. Já imaginou pedalar sobre as águas? Com a bicicleta aquática isso é possível! Necessária Credencial Plena e exame dermatológico válidos.

Também no dia 25, às 19h, acontece a aula aberta Balada Multifuncional. Aula especial que propõe o estímulo e o uso de capacidades físicas como coordenação motora, velocidade, equilíbrio, agilidade e flexibilidade em um ambiente animado e descontraído.

Já no dia 27, às 8h, ocorre a vivência De Bike. A atividade busca incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte e lazer. A cada mês é feito um percurso diferente, buscando encurtar distâncias entre lugares de Taubaté.

Dia 30, às 19h30 acontece a Ergonomia Para Ciclistas, com Márcio Arouca (Sapão). Venha aprender a regular e ajustar os diversos tipos de bicicleta para uma postura adequada de acordo com a sua altura.

A reforma da Previdência poderá adotar idade mínima de aposentaria de 62 anos para os homens e 57 anos para as mulheres com aumento gradativo. Segundo o presidente Jair Bolsonaro, seria mais um ano a partir da promulgação e outro em 2022, mas com diferenças de idade mínima de acordo com a categoria profissional e a expectativa de vida.

Na proposta de Bolsonaro, o futuro presidente avaliaria a necessidade de novos ajustes no sistema previdenciário. "Quando você coloca tudo de uma vez só no pacote, você pode errar, e nós não queremos errar", disse em entrevista ao SBT, a primeira após ter tomado posse.

Segundo o presidente, a previdência dos servidores públicos é o que impacta as contas do governo, mas ele descartou aumentar a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores, hoje em 11%. "O que mais pesa no Orçamento é a questão da previdência pública, que terá maior atenção da nossa parte. Vamos buscar também eliminar privilégios", afirmou o presidente, que

Aprovação - Bolsonaro disse que a reforma não vai estabelecer regras únicas para todos os setores e todas as categorias profissionais. Citou a expectativa de vida no Piauí, que é 69 anos, argumentando que seria "um pouco forte estabelecer a idade mínima de 65 anos", como previa o texto da reforma enviado ao Congresso pelo governo do ex-presidente Michel Temer. 

O presidente argumenta que a reforma é necessária para impedir que o país "em mais dois ou três anos entre em colapso", a exemplo do que ocorreu com a Grécia. "Agora todos terão de contribuir um pouco para que ela seja aprovada. Eu acredito que o Parlamento não vai faltar ao Brasil", disse.

Com informações da Agência Brasil      

O ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro tomou posse nesta quarta-feira (2/1) e prometeu endurecer as regras contra a criminalidade. Moro diz que suas prioridades são o combate à corrupção e violência onde consta um plano anti-corrupção que está sendo finalizado para ser enviado ao Congresso Nacional. Paralelamente, deverá ser definida uma parceria de cooperação com os Estados para ampliar o sistema de segurança pública em todo país.

Moro defende a extinção da progressão de regime para membros de organizações criminosas e tem como meta a mudança legislativa para permitir a execução da pena após condenação em segunda instância.

"Fazer a coisa certa, pelos motivos certos e do jeito certo será nosso lema." O ministro afirmou que a população precisa ter confiança no governo e alertou que os desvios de recursos públicos atingem fortemente as camadas mais vulneráveis que dependem essencialmente dos serviços públicos. 

Corrupção - Ao defender o combate à corrupção como meta, Moro disse que trabalha com propostas simples, "mas eficazes" e citou a proibição de progressão de regime para membros de organizações criminosas e mecanismos para agilizar o processo da Justiça quando há confissões.

Violência - Na ampliação do sistema de segurança pública e combate à violência, Moro disse que quer colocar em prática ações de cooperativismo e elogiou a implantação da intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro, de fevereiro a dezembro de 2018. 

Segundo Moro, a Secretaria Nacional de Segurança Pública poderá usar recursos para, além de investir no auxílio às polícias, padronizar procedimentos e estrutura.

O Diário Oficial do estado de São Paulo publicou em sua edição de hoje (3) que os preços das passagens de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô sofrerão aumento de 7,5% a partir do dia 13 próximo.

Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM), a tarifa básica do transporte público por trens e Metrô passará de R$ 4 para R$ 4,30.

A integração, entre trilhos e ônibus, vai de R$ 6,96 para R$ 7,48.

Quanto ao aumento, a secretaria informou que ele é baseado na inflação acumulada em 2018, de acordo com o IGP-M, e que reflete também o incremento dos custos operacionais e de recursos humanos das empresas.

As gratuidades para idosos, estudantes, portadores de necessidades especiais e desempregados vão ser mantidas.

Quem carregar o bilhete mensal ou 24 horas até o dia 12 de janeiro poderá viajar com o valor da tarifa antiga, enquanto o crédito do bilhete não se esgotar.

O Bilhete Mensal para trens passa de R$ 194,30 para R$ 208,90 (comum, válido somente para trilhos) e de R$ 307 para R$ 323,80 (integrado, usado com trilhos + ônibus).

Já o Bilhete 24 horas passou de R$ 15,30 para R$ 16,40 (comum) e de R$ 20,50 para R$ 21,60 (integrado).

Ônibus
Na capital paulista, os trens e o Metrô são responsabilidade do governo estadual e os ônibus, da prefeitura.

Em dezembro, a Secretaria Municipal de Transportes também anunciou aumento na tarifa básica dos ônibus a partir do dia 7 de janeiro. A tarifa passará de R$ 4 para R$ 4,30.

O cadastramento de passageiros para o sistema de biometria facial da ABC Transportes será retomado em Taubaté a partir da próxima segunda-feira, dia 7 de janeiro. Durante todo o mês serão cadastradas pessoas com algum tipo de deficiência.

A loja da ABC Transportes está localizada no Terminal Rodoviário Urbano (Rodoviária Velha), parque Dr. Barbosa de Oliveira, s/nº – boxe 70. O atendimento será das 8h às 17h, nos dias úteis, e das 8h às 11h30, aos sábados. Devem ser apresentados os seguintes documentos originais e cópias: RG, CPF, comprovante de residência nominal (recente, no período máximo de três meses), laudo médico (recente, no período máximo de três meses) e cartão SIM (apenas sênior).

O cadastramento teve início em novembro do ano passado, com o registro de idosos acima de 65 anos e passageiros entre 60 e 64 anos (sênior). Em fevereiro está previsto o cadastramento dos estudantes.

O novo sistema permite a avaliação das características faciais de uma pessoa através de parâmetros digitais.
Com investimento de R$ 800 mil, o objetivo do sistema é combater fraudes nos benefícios de gratuidades, garantindo que o cartão seja utilizado somente pelo seu titular, real beneficiário do desconto ou isenção. Na prática, quando o cartão for encostado no validador para liberação da catraca, a câmera instalada captará imagens do rosto do passageiro. Elas serão processadas e comparadas às do banco de imagens, feitas no ato de cadastramento do usuário e a liberação da catraca ocorrerá normalmente.

O funcionamento do sistema ocorre conforme o término do cadastramento de cada um dos grupos.

A Prefeitura de São José dos Campos começa a distribuir na primeira quinzena de janeiro os 243.846 carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

O valor pode ser parcelado em até 10 vezes. Quem optar pelo pagamento à vista terá desconto de 7,5%, com vencimento entre os dias 18 e 22 de fevereiro, conforme consta no carnê. Neste ano, a correção do IPTU seguirá o patamar da inflação, que fechou os últimos 12 meses em 3,56%.

A cota única com desconto e a primeira parcela têm a mesma data de vencimento.

A novidade em 2019 é o boleto solidário, que acompanha os carnês. Com ele, é possível contribuir com qualquer valor para os projetos voltados ao bem-estar animal. Toda arrecadação será destinada para incentivar a posse responsável, o controle populacional de cães e gatos, o atendimento médico veterinário e a identificação por microchipagem. O pagamento, neste caso, não é obrigatório.

Serviços

Pagando o IPTU, o contribuinte garante a execução de serviços e projetos que melhoram a vida na cidade, em áreas como saúde, educação, mobilidade urbana e manutenção.

Os contribuintes que não receberem seus carnês deverão requerer a 2ª via pelo site da Prefeitura ou comparecer aos postos de atendimento.

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto em que estabelece que o salário mínimo passará de R$ 954 para R$ 998 este ano. O valor já está em vigor a partir de hoje (1º). Foi o primeiro decreto assinado por Bolsonaro, que tomou posse nesta terça-feira.

O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União, assinado por Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O salário mínimo é usado como referência para os benefícios assistenciais e previdenciários. O mínimo é corrigido pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) dos dois anos anteriores.

Jair Bolsonaro editou uma medida provisória que estabelece a organização básica dos órgãos da Presidência da República e dos ministérios. Em outro decreto, o governo altera a organização das entidades da administração pública federal indireta. Foram publicados também os decretos de nomeação dos novos ministros.

O governador de São Paulo, João Doria, e o vice-governador, Rodrigo Garcia, tomaram posse de seus cargos na manhã desta terça-feira (1º), em São Paulo.

A primeira cerimônia foi realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo e, em seguida, o governador tomou posse no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, no Morumbi. Doria também assinou seis decretos e um projeto para reduzir o custo da máquina pública e aumentar a eficiência da gestão estadual.

Na Alesp, João Doria e Rodrigo Garcia foram recebidos pelo presidente da casa, deputado Cauê Macris. Doria fez o juramento e assinou o termo de posse. Em seguida, governador e vice seguiram para o Palácio dos Bandeirantes, para a transmissão de posse.

Em discurso, o governador afirmou que a sua gestão tem como objetivo a eficiência da gestão pública, transparência e inovação. “O Palácio dos Bandeirantes será agora o Palácio do Trabalho. A sociedade quer serviços de qualidade. Temos que implantar o padrão Poupatempo em todos os serviços públicos, que é referência nacional de serviços de qualidade”, disse.

No Palácio dos Bandeirantes, João Doria oficializou ainda a posse dos secretários do governo. “Não temos um time de secretários, mas uma seleção de secretários de fazer orgulho”, afirmou Doria.

Medidas
A primeira medida do governador foi a assinatura de projeto de lei, que será enviado para aprovação na Alesp, que permite ao Governo do Estado extinguir, fundir ou incorporar a Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.), a Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodesp), Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS), a Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), a Imprensa Oficial do Estado São Paulo (Imesp) e a Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp).

A CPOS, a Emplasa e a Codasp passarão por uma fusão e se tornarão uma única empresa. O projeto de lei prevê que o conglomerado será administrado por Nelson Antonio de Souza, que até o final de 2017, presidiu a Caixa Econômica Federal.

Além disso, foram assinados seis decretos que definem ações da atual gestão para aprimorar a aplicação de recursos e garantir a redução de gastos, com a revisão ou mesmo cancelamento de contratos.

O primeiro decreto estabelece as diretrizes para suspensão e reavaliação de convocações públicas para a celebração de contratos de gestão com organizações sociais.

Todas as assinaturas de contratos de gestão e as convocações públicas de organizações sociais já publicados no Diário Oficial ou aquelas a serem ainda divulgadas deverão ser suspensas e reavaliadas pelos secretários ou presidente de cada agência, empresa ou entidade, de acordo com os benefícios de interesse público com o contrato; a eficácia e qualidade esperada na gestão dos recursos e prestação de serviço e a adequação das despesas à disponibilidade orçamentária e financeira do Estado.

Este decreto é dedicado aos contratos a serem celebrados nas áreas da saúde, cultura, esporte, atendimento ou promoção dos direitos das pessoas com deficiência ou de crianças e adolescentes, proteção e conservação do meio ambiente e promoção de investimentos, de competitividade e de desenvolvimento. Após a suspensão, as propostas deverão ser avaliadas até 31 de janeiro.

Há também decreto que define as medidas de redução de despesas com pessoal e encargos sociais. Todos os órgãos da Administração Direta, das autarquias, das fundações e das empresas estatais classificadas como dependente deverão, em 2019, reduzir suas despesas mensais em pelo menos 15% com a remuneração e 30% das horas extras do pessoal nos cargos em comissão e emprego declarados em lei de livre nomeação e exoneração. Estas determinações, porém, não se aplicam às secretarias de Educação, da Saúde, Segurança Pública e da Administração Penitenciária, ou à Fundação CASA e ao Centro Estadual de Educação Tecnológica (CEETEPS).

Outro decreto determina que os órgãos e entidades da administração pública estadual, direta e indireta deverão reavaliar as licitações em curso, bem como aquelas a serem instauradas para aquisição de bens e contratação de obras e reavaliar os contratos em vigor.

O quarto decreto estabelece as diretrizes para reavaliação e cancelamento das transferências de recursos. Assim, até 31 de janeiro, as secretarias de estado e as autarquias deverão reavaliar os chamamentos públicos em curso para seleção de organizações da sociedade civil. Também deverão ser reavaliados os convênios e as parcerias voluntárias celebradas no exercício de 2018, desde que não envolvam transferência de reclusos federais.

Também será criado o Comitê Gestor do Gasto Público, que será formado por representantes das secretarias de Governo e da Fazenda e por membros da Casa Civil e da Procuradoria Geral do Estado (PGE). De acordo com o quinto decreto, caberá ao Comitê analisar as políticas, programas e ações do governo, visando aprimorar a alocação de recursos e, assim, melhorar a qualidade do gasto público.

O último decreto determina que as secretarias de Governo e da Fazenda e Planejamento deverão ter prévia manifestação nas contratações. Para celebração de contratos de obras, de serviços terceirizados, contratos de gestão e aquisição de material permanente e equipamentos, com valor superior a R$ 10 milhões, será necessária a manifestação prévia do secretário da Fazenda e Planejamento para verificar aspectos financeiros e orçamentários e também do secretário de Governo para avaliar a compatibilidade com as diretrizes governamentais.

As inscrições do processo seletivo para formação de cadastro de reserva de estagiários da Prefeitura de Caraguatatuba terminam no dia 18 de janeiro.

Este mês, as oportunidades de estágio são para alunos dos cursos de Administração, Engenharia de Produção, Gestão Empresarial, Pedagogia e Processos Gerenciais. Os interessados podem se inscrever das 9h às 11h e das 13h30 às 15h, na sede do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), localizada no Campus do Módulo do Centro.

Para fazer a inscrição o estudante deve apresentar RG original, ter cadastro atualizado no site www.ciee.org.br, ser maior de 16 anos e morar em Caraguatatuba.

O valor da bolsa-auxílio é de R$ 998,00 (um salário mínimo) para estagiários de ensino superior, com direito a vale-transporte. A carga horária é de 30 horas semanais.

A prova será aplicada no Ciee, localizado no Campus Módulo do Centro, logo após a inscrição do interessado. Os candidatos têm uma hora para responder 20 questões de Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Gerais e História. A convocação dos aprovados é feita conforme a necessidade da administração pública.

A relação dos cursos ofertados e o resultado das provas serão divulgados até o último dia do mês, nos sites http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/ e www.ciee.org.br, além de afixada na Secretaria de Administração, sede do Ciee e publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município de Caraguatatuba (https://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/category/diario-oficial/), na parte da página oficial destinada ao cidadão.

O Centro de Integração Empresa Escola fica Avenida Frei Pacífico Wagner, 653 – Centro. O atendimento é das 9h às 11h e das 13h30 às 15h. A Secretaria Municipal de Administração está localizada na Av. Siqueira Campos, 44 – Centro. Mais informações pelo telefone (12) 3883-7866 (Ciee) ou 3897-8169 (Departamento de Recursos Humanos).

Processo Seletivo 2018

A validade do processo seletivo de estágio vigora a partir da data de publicação no Diário Oficial até o dia 31 de dezembro de 2019. Mais informações sobre o Processo Seletivo Para o Quadro de Reserva e Contratação de Estagiários 001/2018 estão na página número 6 da edição nº 72 do Diário Oficial Eletrônico do Município de Caraguatatuba, de 27 de dezembro, disponível no link:

http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/wp-content/uploads/2018/12/Edital_072.pdf.

Serviço:

Processo seletivo para contratação de estagiários (cadastro de reserva)

Período de Inscrições: até 18 de janeiro

Local: Ciee (Campus Módulo do Centro)

Horário: 9h às 11h e das 13h30 às 15h

Endereço: Av. Frei Pacífico Wagner, nº 653 – Centro

Informações: (12) 3883-7866

Secretaria Municipal de Administração

Endereço: Av. Siqueira Campos, 44 – Centro

Informações: (12) 3897-8169

 

Clima

Go to top