Feste 2018 agita cenário artístico em Pindamonhangaba; veja programação

Feste 2018 agita cenário artístico em Pindamonhangaba; veja programação

O 40º Feste – Festival Nacional de Teatro – está na flor da idade. Do alto de seus 40 anos, o festival mais tradicional da região só melhora e traz, para 2018, 21 espetáculos gratuitos, voltados para os mais variados públicos, em apresentações do Teatro Galpão, Parque da Cidade, Bosque da Princesa, Praça Monsenhor Marcondes e Palacete Tiradentes. De 14 a 25 de novembro, Pindamonhangaba vai respirar teatro e inspirar plateias e artistas de todas as áreas.

Nascido em 1974 com o nome de Feste, o evento passou para a organização da Prefeitura em 1980, tendo como coordenador o Departamento de Cultura, que até hoje realiza este papel. Em 1982, 1986, 1999, 2010 e 2016 não foram realizadas edições do festival, por falta de recursos.

Neste ano de 2018, o 40º FESTE recebeu 174 inscrições de grupos teatrais de vários estados brasileiros, que foram selecionados pela seguinte Comissão de Seleção: Ana Roxo, Claudio Mendel e Victor Narezi, e contará com 6 espetáculos nas categorias Adulto, 4 na categoria Infantil, 4 na categoria Rua e 7 espetáculos convidados. Após as apresentações, haverá debate com os representantes das peças. As categorias Adulto e Infantil acontecerão no Espaço Cultural – Teatro Galpão e da categoria Rua no Bosque da Princesa e no Parque da Cidade.

Compondo o quadro de profissionais artístico, este ano o Festival contará com a competência dos Críticos: Dib Carneiro (Infantil), Rodrigo Morais (Rua) e Simone Carleto (Adulto).

“É com muita satisfação que apresentamos este ano o 40º FESTE, um Festival longevo que se solidificou na cena nacional. Neste ano faremos uma justa homenagem à Diógenes Chiaradia Feliciano, por ter iniciado juntamente com outras pessoas este evento que já é tradicional no município. Todas as apresentações serão em horários que não se chocam, para que todos possam aproveitar. Vida longa ao FESTE”, declarou o diretor de Cultura, Alcemir Palma.

Ler 63 vezes
Entre para postar comentários
Go to top