Estado divulga oportunidades para microempreendedores de Taubaté

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, em conjunto com a Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), firmou uma parceria com o Sebrae-SP para o lançamento do Projeto Descola Trabalho, que visa dar oportunidade ao Microempreendedor Individual (MEI) para tornar-se prestador de serviços de manutenção nas escolas estaduais paulistas, incluindo Taubaté.
Nesta primeira fase, o programa engloba 721 escolas em todo Estado de São Paulo, gerando oportunidades para mais de 56 mil MEIs na região de São Paulo (capital), Araçatuba, Bauru, Guarulhos, São Vicente e Taubaté.
O objetivo da iniciativa é contratar o MEI da cidade para prestação de serviços sempre que a unidade escolar precisar de manutenção como pintura, troca de telha, reparos elétricos e encanamentos. O profissional que estiver cadastrado no Sistema da Educação poderá ser contratado pela unidade escolar.
O MEI interessado em participar deve cadastrar seus dados pessoais e os de sua empresa no Sistema Escolas Digital (SED) da Secretaria de Educação, no endereço sed.educacao.sp.gov.br, no link “Obter Acesso como Empresa”, situado no rodapé da página, e preencher todos os campos solicitados, bem como anexar o cartão do CNPJ da empresa. Os dados cadastrados serão analisados pela equipe da FDE. Após análise das informações registradas, o interessado será notificado por e-mail.
Se o cadastro for aprovado, o fornecedor será incluído no banco de oportunidades e poderá baixar no celular o aplicativo Descola Trabalho (gratuito e disponível para Android, iOS e Windows Phone). O MEI será informado do interesse da escola diretamente via seu celular.