Paralimpíadas: Tropas da região continuam no Rio

Depois de terem um papel estratégico no esquema de segurança dos Jogos Olímpicos no Brasil, as tropas da RMVale vão permanecer no Rio de Janeiro por aproximadamente mais 30 dias. São cerca de 2.000 militares que também estão incluídos no planejamento para a segurança na Paralimpíada s -- a competição será realizados de 7 até 18 de setembro.

"As tropas permanecem com essa mesma missão das Olimpíadas, responsáveis pela proteção das estruturas estratégicas, patrulhamento de vias e, se necessária, a atuação como força de contingência", disse o oficial de comunicação do CDS (Comando de Defesa Setorial) da Barra, major Luiz Cláudio Pereira de Araujo.

A previsão é de que as tropas retornem para o Vale após o termino das Paralimpíadas.
No dia 19 de setembro, um dia depois da cerimônia de encerramento das Paraolimpíadas no Maracanã, haverá uma reunião com os órgãos de segurança para analisar as ações realizadas no período dos Jogos. "Faremos um balanço do resultado final e do que pode ser aprimorado nos próximos eventos", destacou o major.

Segurança. Os militares do Vale atuam na área da Barra da Tijuca, comandada pela 12ª Bil (Brigada de Infantaria Leve Aeromóvel), de Caçapava, e está responsável por uma área de 420 quilômetros quadrados, o que representa 52% de todo o território usado nos Jogos.
No total, os militares devem ficar pelo menos 70 dias na Cidade Maravilhosa.

Ler 202 vezes
Entre para postar comentários

Clima

banner WEB 368x390px

STYLOSHAIR

TV Funvic Banner Slide 01

Go to top